Alto Paraná e Cascavel decidem vaga à final do Brasileiro de Clubes

Alto Paraná e Cascavel decidem vaga à final do Brasileiro de Clubes
Três equipes femininas disputam neste fim de semana a fase zonal do Campeonato Brasileiro de Clubes Juvenil, em Cascavel. O ginásio de esportes da Neva é palco das disputas que garante à campeã a classificação à final da competição, de 13 a 17 de setembro, em Balneário Camboriú (SC). 
Na rodada de abertura, realizada sexta-feira (10.06), as donas da casa do CHC/Santa Maria/Cascavel foram superiores em quadra e venceram a Prefeitura de Maringá/Unimed/Uningá pelo placar de 22 a 16. A atleta Vivian Yuri Kimura foi eleita destaque da partida.
 
As maringaenses voltaram à quadra no sábado (11), diante de Alto Paraná. Apenas a vitória interessava, uma vez que a derrota tirava do elenco o sonho de continuar no campeonato. O jogo começou equilibrado, com Camila Yukie Orinout abrindo o marcador para o time alto-paranaense, que até ficou com a vantagem até próximo ao final do primeiro tempo, quando Gabriela de Almeida Barbosa virou o placar para o time da Cidade Canção, 13 a 12. Na segunda etapa, a igualdade se mantinha, mas, aos poucos, Alto Paraná começava a se impor o ritmo do jogo, apostando nos contra-ataques e fechando ainda mais o sistema defensivo, dificultando as finalizações para as adversárias, postura que rendeu a vitória por 26 a 23, resultado que tirou Maringá da disputa, mas deu a Camila a indicação de melhor jogadora da partida e a Rita Silva a artilharia, com dez gols marcados.
 
A técnica maringaense Clarice Braga faz uma análise positiva da participação do elenco na competição nacional. “A equipe é cadete e se sobressaiu na parte coletiva, jogou muito bem as duas partidas, mantendo o equilíbrio durante todo o jogo. Acredito que estas sejam as três melhores equipes do Estado na categoria sub-18. Vestir a camisa de Maringá é natural para essas meninas que vem treinando junto desde a categoria infantil, porque não montamos uma equipe para competir exclusivamente, treinamos durante o ano e participamos das competições que cada categoria tem. Agora vamos focar no Paranaense, que jogamos em casa à próxima etapa para garantir uma vaga entre as quatro equipes que avançam à final”, declarou.  
 
Com a vitória, Alto Paraná assumiu a liderança na tabela de classificação, com Cascavel na cola. A decisão de quem avança à próxima fase acontece neste domingo (12), a partir das 10 horas, no ginásio de esportes da Neva, com entrada franca. “Vamos tentar ganhar o jogo contra Alto Paraná, mas vejo um jogo dificílimo, onde as duas equipes tem um porte físico bom, então será um jogo duro, defensivo, de igual pra igual, espero que ao final consigamos estar na frente do placar”, anseia o treinador Marcos Galhardo. 
Com a base do time formada por atletas com 16 anos, Marcos avalia que Cascavel está melhor fisicamente, no entanto se iguala na parte tática com as adversárias. “Hoje será um jogo igual, melhor só no final da partida. Nossa equipe tem boa qualidade, treina todos os dias da semana e temos tentado melhorar a cada dia o padrão tático da equipe. Jogar em casa pra gente não é vantagem, porque as equipes que disputam o Brasileiro conhecem a nossa quadra e com três minutos jogando a atleta já está adaptada”, menciona.
 
“Alto Paraná se diferencia pelo conjunto, pela união e pela vontade de jogar. É difícil para uma cidade pequena como a nossa, onde temos pouco incentivo e recursos para competir. Mas superamos tudo isso fazendo pizzas e cones de chocolates e, em caso de classificação, para a final do Brasileiro já temos o dinheiro para as despesas da competição. Agora é resolver dentro de quadra para poder jogar em Santa Catarina. Disse para a equipe, essa é a nossa oportunidade, agarramos ela ou deixamos ela escapar”, comenta o professor Marcos Bellini. 
 
Liga de Handebol do Paraná
Assessoria de Comunicação
Texto e Fotos: Jaqueline Galvão
jaquelinefsgalvao@hotmail.com
(45) 9139-1005 / (44) 9988 6768
Skype: paranahandebol
facebook.com/paranahandebolhpr
Twitter: paranahandebol
Instagram: parana_handebol
www.paranahandebollhpr.com
Alto Paraná e Cascavel decidem vaga à final do Brasileiro de Clubes
 
Três equipes femininas disputam neste fim de semana a fase do Campeonato Brasileiro de Clubes Juvenil, em Cascavel. O ginásio de esportes da Neva é palco das disputas que garante à campeã a classificação à final da competição, de 13 a 17 de setembro, em Balneário Camboriú. 
 
Na rodada de abertura, realizada sexta-feira (10.06), as donas da casa do CHC/Santa Maria/Cascavel foram superiores em quadra e venceram a Prefeitura de Maringá/Unimed/Uningá pelo placar de 22 a 16. A atleta Vivian Yuri Kimura foi eleita destaque da partida.
 
As maringaenses voltaram à quadra no sábado (11), diante de Alto Paraná. Apenas a vitória interessava, uma vez que a derrota tirava do elenco o sonho de continuar no campeonato. O jogo começou equilibrado, com Camila Yukie Orinout abrindo o marcador para o time alto-paranaense, que até ficou com a vantagem até próximo ao final do primeiro tempo, quando Gabriela de Almeida Barbosa virou o placar para o time da Cidade Canção, 13 a 12. Na segunda etapa, a igualdade se mantinha, mas, aos poucos, Alto Paraná começava a se impor o ritmo do jogo, apostando nos contra-ataques e fechando ainda mais o sistema defensivo, dificultando as finalizações para as adversárias, postura que rendeu a vitória por 26 a 23, resultado que tirou Maringá da disputa, mas deu a Camila a indicação de melhor jogadora da partida e a Rita Silva a artilharia, com dez gols marcados.
 
Com a vitória, Alto Paraná assumiu a liderança na tabela de classificação, com Cascavel na cola. A decisão de quem avança à próxima fase acontece neste domingo (12), a partir das 10 horas, no ginásio de esportes da Neva, com entrada franca. 
 
Liga de Handebol do Paraná
Assessoria de Comunicação
Texto e Fotos: Jaqueline Galvão
jaquelinefsgalvao@hotmail.com
(45) 9139-1005 / (44) 9988 6768
Skype: paranahandebol
facebook.com/paranahandebolhpr
Twitter: paranahandebol
Instagram: parana_handebol
www.paranahandebollhpr.com