Após primeira etapa, Paranaense Adulto apresenta classificação parcial das equipes

Após primeira etapa, Paranaense Adulto apresenta classificação parcial das equipes

Na primeira etapa classificatória do Campeonato Paranaense de Handebol Adulto, realizada entre sábado (30) e domingo (31), as equipes superaram a baixa temperatura e mostraram que a briga pelas quatro vagas à final promete muita emoção. Em Toledo, 18 seleções deram o ponto de partida nas disputas da Chave Ouro e apresentaram o que há de melhor da modalidade no Estado.

No segundo dia de disputas, as anfitriãs sofreram a primeira derrota na competição, por 25 a 17, para a equipe da AhandFoz/Smel/Foz do Iguaçu, que garantiu a primeira vitória. “Nossa intenção é ficar entre as quatro, então acredito que o resultado foi dentro do esperado. Na estreia sabíamos da superioridade de Maringá, que tem uma equipe que treina junto e tem um trabalho aliado com preparação física na academia, diferente da nossa equipe, que é composta por atletas de Foz e convidadas. Conseguimos reunir todo o grupo pela primeira vez aqui na competição, então ainda não temos um entrosamento e volume de jogo, pecamos muito nas finalizações. Para a próxima etapa precisamos ajustar a defesa e melhorar a eficiência do ataque, porque ganha-se o jogo com gol”, analisa a técnica iguaçuense, Regina Santos.


Após estrear com derrota, Ciss/Dois Vizinhos conquistou uma importante vitória sobre a Prefeitura de Barbosa Ferraz/Katuxa. Com 28 bolas de diferença, fecharam o placar em 42 a 14, resultado muito comemorado pelo grupo que participa pela primeira vez da divisão de elite do handebol. “Sabemos da dificuldade que é disputar esta competição, mas nos preparamos para estar aqui, estamos apenas no início, a estrada é longa. Posso dizer que tudo que aconteceu estava dentro da planejamento, foi até melhor do que o esperado. A gente veio pra tentar conquistar algum resultado, sabemos que algumas equipes que enfrentamos, tanto no masculino como no feminino, são cotadíssimas para ser campeãs, e diante delas conseguimos fazer um bom jogo. Nosso objetivo é aprender a jogar o Paranaense e tentar permanecer na Divisão Especial, porque entendemos que este campeonato é diferenciado dos outros”, declara o professor Emerson Abati.

Já as meninas da Prefeitura de Maringá/Unimed/Unifamma garantiram a segunda vitória sobre o elenco da Fecam/Ahandecam/Campo Mourão, por 36 a 15, enquanto FAG/Cascavel superou em 36 a 17 a seleção de Matelândia Handebol, resultado que colocou as cascavelenses no topo da tabela de classificação, com seis pontos. Com a mesma pontuação, as maringaenses ocupam o 2º lugar, seguidas de Dois Vizinhos, Matelândia, Foz do Iguaçu, Toledo, Campo Mourão e Barbosa Ferraz.

No masculino, jogos acirrados definem classificação parcial

Com confrontos acirrados e de alto nível técnico, as seleções masculinas deram uma prévia do quanto será difícil a caminhada para chegar entre os quatro melhores e se credenciar pra disputar o título da Divisão Especial. Com dificuldade para furar o bloqueio adversário, os pratas da casa somaram sua segunda derrota, 25 a 32, desta vez diante da Fecam/AhandCam/Grupo Integrado, que com a vitória chegou a seis pontos. Já os iguaçuenses conseguiram se reabilitar e venceram por 26 a 22 os meninos da ACH/Cascavel. O técnico-atleta Luciano Camargo de Andrade faz uma avaliação do desempenho do grupo. “Não temos muito treinamento, nos juntamos mesmo em época de competição. No entanto, acredito que grupo podia ter rendido mais, jogamos abaixo da média. No jogo de estreia, diante de Dois Vizinhos, perdemos por uma bola, foi um jogo muito equilibrado, e toda estreia é complicada, ainda mais quando o adversário tem volume de jogo. Contra Cascavel conseguimos uma vantagem boa, o que garantiu a nossa vitória, agora é ajustar os erros para melhorar a atuação na próxima etapa”, avaliou.

Dois Vizinhos garantiu o primeiro resultado positivo ao ganhar de 32 a 26 sobre Campo Largo/EPH/PUC. “A disputa do masculino está bem nivelada, podendo ser até um ano atípico e existir surpresas no decorrer das etapas. A equipe de Dois Vizinhos para esta etapa se portou muito bem, a gente sai satisfeito com os resultados obtidos, vamos procurar trabalhar para que na próxima etapa possamos buscar alguns pontos 
que a gente sabe lá na frente serão muito importantes”, salientou o treinador Emerson Abati.

Estreantes no Paranaense Adulto, o objetivo da equipe dois-vizinhense é manter-se na Divisão de Elite, para isso o comandante afirma que será preciso fazer alguns ajustes. “Precisamos que os atletas consigam fazer uma leitura mais rápida de cada um dos adversários, porque a formatação do jogo é diferente, é preciso ter mais versatilidade para se adaptar a situações de jogo, assim como é necessário algumas adequações com correções pontuais. A equipe ainda têm vários atletas que não estrearam, então a cada nova etapa é um novo estudo, uma nova experiência, que a gente vai ter que viver para que possamos aprender mais e crescer na competição”, enfatiza Emerson.

Por duas bolas, a Prefeitura de Floraí/AFH superou o selecionado da AIH/Bocchi Combustíveis/SIO/Santa Izabel do Oeste, enquanto os maringaenses garantiram a primeira colocação da chave ao vencer por 28 a 19 o time de Cambé/Seme/Handebol, que terminou a primeira fase de grupos na 6ª posição. Colados com Maringá estão Campo Mourão em 2º e Dois Vizinhos em 3º, todos com seis pontos. Na sequência, segue Cascavel em 4º, Foz do Iguaçu em 5º, Floraí em 7º, Campo Largo em 8º, os donos da casa em 9º e Santa Izabel do Oeste ocupa a lanterna do grupo, com dois pontos.

A competição é promovida pela Liga de Handebol do Paraná, e conta com o apoio da Prefeitura de Toledo e de Quedas do Iguaçu, por intermédio das Secretarias de Esporte e Lazer, da Federação Internacional de Handebol (IHF), da Confederação Brasileira de Handebol, da Secretaria do Estado do Esporte e do Turismo (SEET), da Associação Paranaense de Árbitros de Handebol (APAH), do CREF9/PR, e tem o patrocínio das empresas Kagiva e Caio Eventos.

Confira como ficou a classificação parcial da Chave Ouro:
Feminino

FAG/Cascavel, com 4 pontos
Prefeitura de Maringá/Unimed/Unifamma, com 4 pontos
CISS/Dois Vizinhos, com 2 pontos
AhandFoz/Smel/Foz do Iguaçu, com 2 pontos
Matelândia Handebol, com 2 pontos
Prefeitura de Toledo/APEF, com 2 pontos
Fecam/AhandCam/Campo Mourão, não pontuou
Prefeitura de Barbosa Fferraz/Katuxa, não pontuou

Masculino
Prefeitura de Maringá/Unimed/Unifamma, com 4 pontos
Fecam/AhandCam/Grupo Integrado, com 4 pontos
CISS/Dois Vizinhos, com 4 pontos
ACH/Cascavel, com 2 pontos
AhandFoz/Smel/Foz do Iguaçu, com 2 pontos
Cambé/Seme/Handebol, com 2 pontos
Prefeitura de Floraí/AFH, com 2 pontos
Campo Largo/EPH/Puc, não pontuou
Prefeitura de Toledo/APEF, não pontuou
10º AIH/Bocchi Combustíveis/SIO, não pontuou

Confira os atletas destaques da Divisão Especial
Suzana Wilt - Prefeitura de Maringá/Unimed/Unifamma
Janaina Folfo (2x) - Prefeitura de Toledo/APEF
Cássia Silveira - FAG/Cascavel
Bruna Braz - AhandFoz/Smel/Foz do Iguaçu
Marco Cruz - Prefeitura de Maringá/Unimed/Unifamma
Leonardo Andrade - Fecam/Ahandcam/Grupo Integrado
Gustavo Salvador da Silva - CISS/Dois Vizinhos
Flavio E Cechin - ACH/Cascavel
Wilson Geraldo Fernandes - Fecam/Ahandcam/Grupo Integrado
Bruno Mendes - Cambé/SEME/Handebol
Marco Antonio Rodrigues - Prefeitura de Maringá/Unimed/Unifamma
Rodrigo Baraldi - Prefeitura de Floraí/AFH
Ederson Santos - CISS/Dois Vizinhos
Valdenice Rosa - Matelândia Handebol
Alexandre Rodrigues - AhandFoz/Smel/Foz do Iguaçu
Mariana Brebatti - FAG/Cascavel

Assessoria de Comunicação
Texto e Fotos: Jaqueline Galvão
jaquelinefsgalvao@hotmail.com
(45) 9139-1005 / (44) 9988 6768
Skype: paranahandebol
facebook.com/paranahandebolhpr
Twitter: paranahandebol
Instagram: parana_handebol
www.paranahandebollhpr.com