Após primeiro lugar, técnico do Brasil prevê dificuldade nas oitavas

Após primeiro lugar, técnico do Brasil prevê dificuldade nas oitavas

A Seleção Brasileira avançou para as oitavas de final do Mundial de Handebol disputado na Sérvia ao terminar a primeira fase na liderança do Grupo B. Embora a Holanda tenha ficado apenas no quarto posto de sua chave, o técnico Morten Soubak prevê dificuldades na próxima etapa.

"Como havia dito antes do Mundial, esse campeonato é uma guerra. Aqui estão os melhores e sabemos que vai ser muito difícil. É um estilo diferente e temos consciência que vamos ter muito trabalho", afirmou o comandante, tentando conter a euforia pela boa campanha.

Em seu último compromisso na primeira fase do campeonato, disputado na sexta-feira, a Seleção venceu a Dinamarca por 23 a 18. "Estamos satisfeitos com o jogo e com o resultado, é claro. Conseguimos cumprir várias coisas do que havíamos pensado fazer. A nossa defesa esteve muito bem e a Bárbara nos ajudou muito”, disse Soubak.

A ponta direita Alexandra, por sua vez, foi exigente ao analisar o desempenho do Brasil. “A Dinamarca é muito rápida e tivemos que tomar cuidado. Nesse jogo também cometemos erros, tanto na defesa quanto no ataque, mas de todos os jogos foi o que mantivemos mais a concentração", declarou.

A jogadora ainda atribuiu o triunfo sobre as rivais europeias à postura do elenco. “A união nos ajudou a conseguir o resultado. Nosso objetivo era jogar junto, tanto na defesa quanto no ataque, e fazer os gols, porque sabemos que a Dinamarca tem contra-ataques muito fortes”, explicou.

Cinara Piccolo/Photoegrafia/Divulgação

A ponteira Alexandra é uma das principais esperanças da Seleção na busca por uma medalha de ouro no Mundial

Fonte: http://www.gazetaesportiva.net/noticia/2013/12/handebol/apos-primeiro-lugar-tecnico-do-brasil-preve-dificuldade-nas-oitavas.html