Divulgada a lista com os contemplados da edição 2017 do Talento Olímpico do Paraná

Divulgada a lista com os contemplados da edição 2017 do Talento Olímpico do Paraná

 

Foi divulgada a lista com os nomes dos selecionados da sexta edição do Talento Olímpico do Paraná - TOP 2020. São 1.600 bolsas distribuídas em oito diferentes categorias: TOP Medalhista, TOP Rio 2016, TOP Internacional, TOP Nacional, TOP Técnico, TOP Estadual, TOP Técnico Formador e TOP Formador, com valores que vão de R$ 150,00 a R$ 4.000,00. Categorias criadas para contemplar atletas do estado, da base ao alto rendimento, com o objetivo de dar apoio financeiro para o crescimento profissional, além de ajudar no fortalecimento do sistema esportivo estadual, através das instituições (federações, clubes e escolas) responsáveis por fazer do Paraná uma referência nacional em esportes olímpicos e paralímpicos. 

O TOP 2020 é o maior programa, em nível estadual, de incentivo ao esporte do Brasil - em se tratando de valores investidos e número de bolsas ofertadas. Uma realização do Governo do Paraná, por meio da Secretaria de Estado do Esporte e do Turismo, cujo patrocínio exclusivo é da Copel.

Confira os CONTEMPLADOS AQUI.

O secretário do esporte e turismo, Douglas Fabrício, ressaltou a força do programa, criado pelo governador Beto Richa em 2011. "O TOP ganha cada vez mais espaço como protagonista no cenário esportivo brasileiro. É um projeto que valoriza o atleta paranaense desde seu início, na fase escolar, até o ápice, nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. É uma alegria poder ajudar a construir este legado", comentou. 
 

TOP Medalhista e Rio 2016

No ato da publicação do edital, os nomes já haviam sido divulgados, para os quais as bolsas TOP Medalhista e TOP Rio 2016 foram destinadas. Os critérios visaram ofertar o benefício àquelas pessoas que, sendo bolsistas do programa no ano passado, defenderam o país nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. Entre os destaques, os dois indicados à TOP Medalhista: Ágatha Bednarczuk, medalha de prata no vôlei de praia, e Marcelo Santos, prata na bocha paralímpica. 
 

TOP Internacional

A categoria TOP Internacional ofertará 18 bolsas. Nela, atletas de diferentes modalidades - olímpicas e paralímpicas - concorreram entre si e os currículos inscritos foram analisados pela Comissão Estadual de Avaliação, autônoma, formada por representantes de diversas federações, da Secretaria de Estado do Esporte e do Turismo, da Secretaria de Estado da Educação, dos atletas, técnicos e paradesporto. Ao todo, atletas de 12 esportes distintos receberão a TOP Internacional, sendo sete deles do paradesporto - todos com presença na Paralimpíada. 

Além disso, os nomes selecionados para a Internacional mostram o impacto da bolsa no desenvolvimento de atletas que fazem parte do TOP por vários anos consecutivos, alguns desde a primeira edição, que crescem esportivamente junto com o programa. Nesta esfera, a lista contempla campeões mundiais e promessas com grandes chances de representarem o país nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Tóquio 2020.
 

TOP Nacional

Serão 138 bolsas para as modalidades olímpicas e 21 para as paralímpicas. Nomes de relevância nacional, com diversas medalhas em campeonatos nacionais e até internacionais. No paradesporto, onde todas as modalidade disputam as bolsas entre si, também através de análise da Comissão Estadual de Avaliação, destaque especial para a natação, com seis atletas indicados. 
 

TOP Formador e Estadual

Continuando a missão de fortalecer e desenvolver o esporte de base, seja na escola ou junto às federações, as maiores ofertas de bolsas permanecem para as categorias voltadas aos jovens - são, ao todo, 783 para a Formador e 446 para a Estadual. Nesta edição em especial, garantindo bolsas no Formador para os campeões dos Jogos Escolares do Paraná. Já no estadual, destaque para a inclusão das novas modalidades no programa dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos: surf, skate, escalada, beisebol, softbol e karatê, na Olimpíada, e taekwondo e badminton na Paralimpíada. 
 

TOP Técnico Formador e Técnico

Com a certeza de que, para formar atletas de projeção e com resultados, é necessário técnicos bem preparados, o TOP, desde 2012, beneficia técnicos indicados pelos Núcleos Regionais de Educação (NRE) e também pelas federações. Essa ação garante que se tenha no estado profissionais cada vez mais capacitados e, consequentemente, atletas melhores capacitados.

Alguns nomes, em diferentes categorias de bolsa, ainda estão em análise de documentação e serão divulgados posteriormente.

Confira a lista com os CONTEMPLADOS AQUI