Em busca do sonho!

Em busca do sonho!
Saulo OharaJovens jogadores de handebol de Londrina foram convidados a participar de período de treinos com técnico da seleção brasileira adulta, jovens são oriundos do polo de formação instalado no Colégio Estadual Olympia Morais Tormenta.
O início da carreira de um atleta geralmente é difícil. Treinos e mais treinos, muitas vezes sem a estrutura necessária, sem apoio financeiro, incertezas. É preciso ainda conciliar com os estudos. Há cinco anos, essa tem sido a rotina do estudante George Guilherme Marques Neves, de 15 anos. Morador do Conjunto José Belinati, bairro simples da zona norte de Londrina, ele batalha todos os dias com um sonho em mente: tornar-se jogador de handebol para mudar de vida.

O jovem conheceu a modalidade através de um polo de formação, instalado há sete anos no Colégio Estadual Olympia Morais Tormenta, no Conjunto Semíramis, também na zona norte. Logo viu que era sua chance e não desperdiçou. E no início desta semana, George Guilherme viu que a "ralação" não foi em vão. Ele e mais sete colegas do polo acabam de ser convocados para o Acampamento Nacional de Desenvolvimento e Melhoria Técnica, promovido pela Confederação Brasileira de Handebol (CBHb), que começa amanhã e vai até o dia 17, em Blumenau (SC).

Lá, o jovem londrinense terá a oportunidade de conhecer o técnico da seleção brasileira, o espanhol Jordi Ribera, que vai comandar a atividade. "Vai ser um sonho e uma grande oportunidade de crescer", vislumbra o goleiro, de 1,98 metros.

Quem se destacar no período de treinamentos na cidade catarinense será convocado para uma segunda sessão de treinos, da qual sairão os integrantes da seleção brasileira de cadetes – para jovens de 15 e 16 anos. E George já sabe o que será preciso fazer para impressionar o espanhol e garantir sua vaga. "Sei que vai ser pegado. Vou treinar bastante, dar o meu máximo e seguir minha carreira", diz o atleta.

Para ele, será o passo mais importante até agora rumo a seu grande sonho. "O handebol é a chance que tenho de mudar de vida, de ajudar meus pais e realizar outros grandes sonhos que tenho. Quero conhecer lugares, ser um grande jogador e representar bem meu País", projeta o "goleirão", que já treina no time juvenil do Colégio Londrinense e ganhou bolsa para cursar o ensino médio na instituição.

Quem também nem pensa em desperdiçar a oportunidade é Edvaldo Júnior de Paula, de 16 anos. "Vai ser uma honra poder participar de treinos com o técnico da seleção, e uma oportunidade também de seguir nas categorias de base da seleção, o que é muito importante para nós", afirmou o armador central, capitão da seleção paranaense cadete.

Segundo a CBHb, o objetivo do acampamento é proporcionar intercâmbio de informações aos jovens para que eles levem o conhecimento adquirido a seus estados e ajudem na tarefa de desenvolver ainda mais a modalidade. "Realizar os acampamentos de desenvolvimento é uma amostra do que deve ser nosso trabalho, sempre compartilhando o presente e o futuro. Somente isso nos permitirá crescer dentro de um projeto global e de longo prazo", comentou o espanhol.

Além de George e Edvaldo, Pedro Arthur Fortunato, Felipe Bastos de Oliveira e Róbson Henrique da Silva também vão ao acampamento cadete. Já Gustavo Salvador da Silva, Pedro Martins e Kaio Vinícius Cruz vão participar do acampamento juvenil, entre 21 de fevereiro e 2 de março, também em Blumenau. "É muito gratificante para nós, o reconhecimento de um trabalho de base que tem foco social também. Estamos orgulhosos e esperamos que eles realizem seus sonhos", finalizou o técnico do polo, Leandro Floriano, que também é goleiro do time adulto de Londrina.
 
Fonte
Rafael Souza

Folha de Londrina

http://www.folhaweb.com.br/?id_folha=2-1--795-20130207