Equipes do Sul e Sudeste avançam para as semifinais da Liga Nacional Masculina

Equipes do Sul e Sudeste avançam para as semifinais da Liga Nacional Masculina

Taubaté/FAB/Unitau (SP) vai enfrentar a P.M. Maringá/Unimed/Unifamma (PR) e Pinheiros (SP) pega o São Caetano (SP) na próxima fase

Pinheiros (SP) venceu o Maracanã (CE)

São Bernardo do Campo (SP) - A tarde deste sábado (26) definiu os classificados para as semifinais da Liga Nacional Masculina de Handebol. As equipes da Conferência Sul/Sudeste/Centro confirmaram o favoritismo e avançaram para a próxima fase. Mesmo assim, os times do Norte e Nordeste mostraram boa evolução e fizeram jogos mais equilibrados no segundo dia da melhor de dois. 

No Centro Nacional de Desenvolvimento do Handebol, em São Bernardo do Campo (SP), Taubaté/FAB/Unitau (SP) abriu os confrontos de volta das quartas de final contra o Remo/Handteam (PA). Uma das favoritas ao título, a equipe paulista se mostrou superior desde o início. Já os paraenses apresentaram muita vibração em quadra, além de uma pequena torcida que fez barulho e motivou os atletas durante a partida. Apesar de perder o primeiro tempo por 17 a 8, o Remo/Handteam (PA) fez frente ao Taubaté/FAB/Unitau (PA) na segunda etapa, mas foi derrotado por 33 a 21. Os artilheiros do jogo foram Wesley Freitas, do time paulista, e Anderson Reis, da equipe paraense, com seis gols cada.

Para o técnico do Remo/Handteam (PA), Mell Correa, as partidas foram de grande aprendizado. "Nosso primeiro jogo foi bastante ruim, porque chegamos aqui pensando que nossos adversários eram de outro mundo. Mas hoje mostramos que podemos jogar em alto nível também. Estou muito orgulhoso da minha equipe. Este intercâmbio é muito importante e vai ajudar a aumentar o nível do nosso handebol", afirmou.

Já o central do Taubaté/FAB/Unitau (SP) Matheus Perrella projetou um difícil confronto contra a P.M. Maringá/Unimed/Unifamma (PR) nas semifinais da Liga. "O Maringá é um time muito bem treinado e, por isso, tem jogo um coletivo bastante forte. Já jogamos contra eles na nossa Conferência e vamos estudar bastante para essas duas partidas", disse.

A P.M. Maringá/Unimed/Unifamma (PR) passou para as semifinais com duas vitórias sobre o Hollanda/GHC/Codó (MA). Neste sábado (26), em jogo disputadíssimo, o time do Sul venceu os nordestinos por 32 a 30 (12 a 12 no primeiro tempo). Os goleadores do duelo foram Romário Dias, Euzébio Silva e Thiago Cruz, todos da equipe maranhense, com seis bolas na rede.

Já em São Caetano do Sul (SP), o time da casa bateu o Adalberto Valle (AM) por 31 a 20 (16 a 12) e vai pegar o Pinheiros (SP) nas semifinais. O artilheiro do jogo foi Emerson Santos, da equipe amazonense, com sete arremessos certeiros. 

O Pinheiros (SP), por sua vez, conseguiu mais uma vitória tranquila sobre o Maracanã (CE). Com elenco mais forte, os paulistas rodaram bastante a equipe e não deixaram os cearenses crescerem no jogo. Com certa facilidade, o Pinheiros (SP) fez 20 a 9 no primeiro tempo e fechou a partida em 39 a 18. O goleador do confronto foi Arthur Peão, do time paulista, com seis gols marcados.

O treinador do Pinheiros (SP), Sérgio Hortelan, ficou animado com o que viu nas quartas de final. "Independentemente do placar, essas quartas de final são importantes para o desenvolvimento do handebol no Brasil. É uma boa oportunidade para os times do Norte e Nordeste. O Maracanã, por exemplo, é uma boa equipe, que teve um bom aprendizado nesses dois dias e vai evoluir ainda mais", opinou.

As semifinais e final da Liga Nacional Masculina serão nos dias 9, 10 e 11 de dezembro, no Ginásio Poliesportivo Adib Moysés Dib, em São Bernardo do Campo (SP), e terão transmissão da Band, Bandsports e SporTV.

Liga Nacional Masculina - Quartas de final

Sexta-feira (25)

Taubaté/FAB/Unitau (SP) 47 x 20 Remo/Handteam (PA)
Pinheiros (SP) 41 x 13 Maracanã (CE)
São Caetano (SP) 37 x 20 Adalberto Valle (AM)
P.M. Maringá/Unimed/Unifamma (PR) 31 x 22 Hollanda/GHC/Codó (MA)

Sábado (26)

Taubaté/FAB/Unitau (SP) 33 x 21 Remo/Handteam (PA)
Pinheiros (SP) 39 x 18 Maracanã (CE)
São Caetano (SP) 31 x 20 Adalberto Valle (AM)
P.M. Maringá/Unimed/Unifamma (PR) 32 x 30 Hollanda/GHC/Codó (MA)