Equipes do Sul e Sudeste levam vantagem no primeiro jogo das quartas da Liga Masculina

Equipes do Sul e Sudeste levam vantagem no primeiro jogo das quartas da Liga Masculina

Taubaté (SP), Pinheiros (SP), Maringá (PR) e São Caetano (SP) venceram nesta sexta-feira (25)

Wesley Freitas fez 15 gols para Taubaté

Da redação, Santo André (SP) - A corrida por uma vaga nas semifinais da Liga Nacional Masculina de Handebol teve início nesta sexta-feira (25). Oito equipes entraram em quadra para o primeiro jogo das quartas de final da competição que reúne os melhores times das Conferências Sul/Sudeste/Centro, Nordeste e Norte. Essa é a primeira vez que o campeonato é disputado com o novo formato, dando oportunidade a times de diferentes regiões. 

 
Por enquanto, a vantagem foi dos times da Conferência Sul/Sudeste/Centro. No Centro Nacional de Desenvolvimento do Handebol, em São Bernardo do Campo (SP), o Taubaté/FAB/Unitau (SP) mostrou desde o início porque terminou invicto e na liderança da primeira fase. Passou com tranquilidade pelo confronto contra o Remo/Handteam (PA), por 47 a 20 (25 a 8 no primeiro tempo). Wesley Freitas, que briga pela artilharia do campeonato, fez 15 gols para a equipe paulista. 
 
O técnico de Taubaté, Marcus 'Tatá, sabe que a equipe garantiu uma grande vantagem, mas ainda quer melhorar alguns pontos para o segundo jogo. "Temos que nos concentrar para amanhã. Tomamos 20 gols hoje. Lógico que fazer 47 gols é muito bom, mas precisaríamos ter tido um pouco mais concentração na parte defensiva. Foi um bom jogo. Eles têm menos de ritmo do que nós, pois disputamos outras competições, o volume e a intensidade são diferentes. Nós erramos muitas finalizações de um contra o goleiro também é isso não me agradou."
 
Para o treinador do Remo, Messildo Correa, a equipe cometeu muitos erros no primeiro jogo. "Uma vantagem de 27 gols não é qualquer vantagem e o Taubaté não é qualquer equipe. É muito difícil reverter. Viemos para cá sabedores de que isso poderia acontecer, mas erramos muito hoje, na defesa, na parte técnica e tática. Temos que ajustar muitas coisas", avaliou. 
 
No mesmo local, o Pinheiros (SP) enfrentou o Handebol Maracanã (CE), ditou o ritmo da partida e garantiu um amplo placar: 41 a 13 (19 a 7). Vitor Medeiros e Julian Cueto, fizeram seis gols cada pelo time paulista e foram os destaque na artilharia. 
 
"Nossa equipe é extremamente disciplinada, isso é uma das situações que conseguimos evoluir bastante durante o ano. Temos foco naquilo que temos interesse. Amanhã vai ser continuidade do jogo de hoje. Vamos jogar forte, independente de já ter um placar favorável. O jogo de hoje foi difícil no início por não termos nenhuma informação do adversário. Erramos algumas bolas, tomamos alguns gols, depois desse momento de adaptação, as coisas começaram a fluir", comentou o técnico do Pinheiros, Sérgio Hortelan. 
 
O treinador do Maracanã, Francisco Rogério Nunes, elogiou o desempenho da equipe no começo do jogo. "Todos pensavam que o Pinheiros iria conseguir uma grande vantagem desde o início. Mas, nós jogamos de igual para igual até um certo momento. A partir daí, começamos a cometer alguns erros, algumas precipitações, que fizeram com que eles nos superassem nos contra-ataques. Foram erros bobos, de fundamento, que não podem acontecer. Com isso, eles conseguiram esse placar elástico. Não tivemos tranquilidade e paciência", afirmou. 
 
O São Caetano (SP), que jogou em casa, no ginásio Marlene José Bento, garantiu uma vitória por 37 a 20 (24 a 9) sobre o Adalberto Valle (AM), com oito gols de Bruno Santana. Já os paranaenses da PM Maringá/Unimed/Unifamma (PR) fizeram também um bom jogo contra o Hollanda/GHC/Codó (MA), no Ginásio Chico Neto, e terminaram na frente por 31 a 22 (15 a 11). Victor Delgado, de Maringá, foi o artilheiro, com sete gols. 
 
A segunda rodada das quartas de final masculinas será disputada neste sábado (26). Em São Bernardo, Taubaté e Remo entram em quadra às 16h, seguidos por Pinheiros e Maracanã às 18h. São Caetano e Adalberto Valle jogam em São Caetano às 16h, e no mesmo horário, Maringá e Codó se enfrentam em Maringá. Os jogos em São Bernardo do Campo (SP) serão exibidos pelo canal Bandsports.
 
Programação
 
Sexta-feira (25)
 
São Bernardo do Campo (SP)
Taubaté/FAB/Unitau (SP) 47 x 20 Remo/Handteam (PA) - transmissão Bandsports
Pinheiros (SP) 41 x 13 Maracanã (CE) - transmissão Bandsports
Local: Centro de Treinamento do Handebol - Rua Tiradentes, 1853 - Vila Tanque - São Bernardo do Campo (SP)
 
São Caetano do Sul (SP)
São Caetano (SP) 37 x 20 Adalberto Valle (AM)
Local: Ginásio Poliesportivo Marlene José Bento - Rua Tibagi, 10 - São Caetano do Sul (SP)
 
Maringá (PR)
P.M. Maringá/Unimed/Unifamma (PR) 31 x 22 Hollanda/GHC/Codó (MA)
Local: Ginásio Francisco Bueno Neto - Chico Neto - Av. Duque de Caxias, 1368 - Maringá (PR)
 
Sábado (26)
 
São Bernardo do Campo (SP)
16h - Taubaté/FAB/Unitau (SP) x Remo/Handteam (PA) - transmissão Bandsports
18h - Pinheiros (SP) x Maracanã (CE) - transmissão Bandsports
Local: Centro de Treinamento do Handebol - Rua Tiradentes, 1853 - Vila Tanque - São Bernardo do Campo (SP)
 
São Caetano do Sul (SP)
16h - São Caetano (SP) x Adalberto Valle (AM)
Local: Ginásio Poliesportivo Marlene José Bento - Rua Tibagi, 10 - São Caetano do Sul (SP)
 
Maringá (PR)
16h - P.M. Maringá/Unimed/Unifamma (PR) x Hollando/GHC/Codó (MA)
Local: Ginásio Francisco Bueno Neto - Chico Neto - Av. Duque de Caxias, 1368 - Maringá (PR)