Estreante no Paranaense de Handebol Infantil, Mercedes chega à semifinal

Estreante no Paranaense de Handebol Infantil, Mercedes chega à semifinal
Estreantes no Campeonato Paranaense de Handebol Infantil, a equipe feminina de Mercedes é uma das quatro finalistas da competição, que reúne desde quinta-feira (02.11) 32 seleções da categoria sub-14 em Toledo, no Oeste do Estado. 
Com 100% de aproveitamento, o elenco passou na primeira fase com facilidade pelas anfitriãs da Prefeitura de Toledo/ATH/Apef, vencendo a partida por 34 a 03, e pelas maringaenses da Prefeitura de Maringá/Unimed/Cerhand/UEM, pelo placar de 28 a 03, vitória que colocou o time em 1º lugar do grupo D, garantindo a classificação à fase mata mata. Diante do selecionado Castro Handebol, as mercedenses dominaram a partida, ganhando por 17 a 04 das adversárias. Com esse resultado, a seleção avançou à semifinal do torneio estadual. A jogadora Kamilly Weiss foi eleita atleta destaque do confronto. “Nosso objetivo era chegar entre quatro melhores equipes do Estado, conseguimos. A cada jogo as meninas vêm evoluindo, vêm aprendendo e vêm adquirindo experiência. Estamos muito honradas em poder representar Mercedes”, declarou a técnica Catarina Triches Petri, conhecida no meio esportivo como Cati.
De acordo com a treinadora, o handebol feminino voltou à grade de esportes no município de Mercedes em 2014, ano que se intensificou o trabalho com as categorias de base. No mesmo período foi implantado um projeto do Governo do Paraná de aula-treinamento nas escolas, com o objetivo de incentivar a prática esportiva. “Com esse projeto e com iniciativas do governo municipal, a equipe de handebol feminino conquistou de 2015 pra cá o título regional e macrorregional da fase B dos Jogos Escolares do Paraná e figura entre as 16 melhores equipes do Estado”, comemora Cati, acrescentando: “Mesclamos as equipes das categorias menores com as juvenis, a fim das atletas ganharem mais ritmo de jogo e experiência de quadra, o que tem gerado resultados significativos”, conta.
 
Com uma vasta experiência na quadra, Cati diz que o handebol tem a finalidade de promover além da qualidade de vida, formar cidadãos de bem. “Mais importante que uma medalha de ouro o handebol tem a função de contribuir para que o atleta se torne um cidadão de bem”, destaca. 
 
A professora salienta que no município de cinco mil habitantes 13 atletas ganham bolsa top formador do programa Talento Olímpico do Paraná – TOP 2020. Integram o elenco Alice Flores, Alice Claudio, Bianca Barbosa, Bianca Vargas, Brenda Dorner, Erica Peruzzo, Julia Nath, Kamilly Weiss, Kendra Soares, Milena Kemerich, Natielli Schueroff, Samira Vailant, Sara Henrichsen e Tailini Polletti, além dos reforços Deborah Huber e Letícia Muller.
 
Mercedes também disputa o torneio estadual no naipe masculino, comandado pelo professor Marlon Neves.
De outro lado, a seleção de Castro também contabiliza a sua primeira participação na disputa estadual, terminando a competição entre as oito melhores equipes da categoria sub-14, além da indicação de Camila Anhaia como destaque da partida diante de Astorga Handebol. “A equipe evoluiu bastante durante a competição, que apresentou um nível técnico forte. Além disso, o campeonato também oportunizou a elas uma integração maior dentro do grupo como também com outras equipes, frisou o treinador Marcial Rugiski.
 
A equipe técnica ainda é formada pelo professor Diclei Ianke. Compõem o time Ana Mainardes, Camila Anhaia, Camila Zececki, Carolina Bigaski, Kailany Machado, Katiely Quadros, Leiriane Almeida, Milena Oliveira, Nathalia Wacherski, Paolla Reis, Rayane Santos e Vanessa Barbosa.
 
Semifinais
A primeira semifinal feminina será disputada às 16h30, entre Prefeitura de Santo Antônio do Sudoeste e Prefeitura de Mariluz/Handebol, no ginásio de esportes Alcides Pan. No mesmo horário, se encontram em busca de uma vaga à final Mercedes Handebol/MCR Amidos e Jussara/Handebol, no ginásio de esportes Aldanir Angelo Rossoni (antigo CCR). Por sua vez, no masculino, avançaram à semi o Colégio Antônio Teodoro/Campo Mourão, Ourizona Handebol e a Prefeitura de Arapongas/Semesp. A última vaga será decidida na disputa entre Jussara e Marialva. 
 
Realizado pela Liga de Handebol do Paraná, o Campeonato Paranaense de Handebol Infantil conta com o apoio da Prefeitura de Toledo, por intermédio da Secretaria de Esporte e Lazer, da Associação Toledense de Handebol, da Federação Internacional de Handebol (IHF), da Confederação Brasileira de Handebol, da Secretaria do Estado do Esporte e do Turismo (SEET), da Associação Paranaense de Árbitros de Handebol (APAH), do CREF9/PR, da Taluana Sports e do Caio Eventos.
 
Liga de Handebol do Paraná 
Assessoria de Comunicação
Texto: Jaqueline Galvão
Fotos: Jaqueline Galvão/LHPR
jaquelinefsgalvao@hotmail.com
(45) 9139-1005 / (44) 9988 6768
Skype: paranahandebol
facebook.com/paranahandebolhpr