Handebol brasileiro comemora recentes conquistas

Handebol brasileiro comemora recentes conquistas

Medalhas feminina e masculina do Mundial Universitário este fim de semana se juntaram a vários outros resultados importantes

Seleção Feminina Universitária

 

Santo André (SP) - Nos últimos anos, o handebol brasileiro tem chamado a atenção do Mundo. A modalidade foi uma das que mais cresceu no País e as Seleções têm sido presença constante nos pódios das competições internacionais. De 2013 para cá foram vários títulos, a começar pela Seleção Olímpica Feminina, que conquistou o ouro inédito na Sérvia. Recentemente, em julho, o handebol de areia garantiu a dobradinha com o tetracampeonato masculino e o tri feminino do Mundial, em Recife (PE). O time masculino foi o vice-campeão Pan-Americano no Uruguai. No Mundial Escolar, o masculino foi prata, com a equipe do CAIC Balduíno (PI) e, este fim de semana, os brasileiros ficaram com o ouro entre as mulheres e a prata entre os homens no Campeonato Mundial Universitário, disputado em Guimarães, Portugal. 
 
Para completar, a Seleção Juvenil feminina foi a sétima colocada no Mundial da Macedônia, ainda este mês, uma posição considerada histórica para o País na categoria. 
 
"Ficamos muito felizes com esses resultados. A participação do Brasil no Mundial Universitário em Portugal foi outro feito bastante importante. Essa é uma parceria que temos com a CBDU (Confederação Brasileira de Desportos Universitários), no qual indicamos os técnicos e convocamos os atletas. Foi um excelente resultado. Nessa equipe temos atletas que fazem parte das nossas Seleções Adulta e de base e o resultado demonstra o bom caminho que estamos percorrendo e que temos potencial para conquistar ainda mais", comentou o presidente da Confederação Brasileira de Handebol, Manoel Oliveira.  
 
Este ano o Brasil ainda pode aumentar a gama de medalhas com a participação das duas Seleções Juvenis nos Jogos Olímpicos da Juventude. Em 2015, o País terá uma agenda bem cheia e a expectativa é de cada vez conseguir melhores resultados em todas as categorias. A Seleção Masculina disputa  Mundial em janeiro, no Qatar. A Feminina tem o Pan-Americano em março, que é classificatório para o Mundial de dezembro, na Dinamarca. No meio do ano, o objetivo são os títulos masculino e feminino dos Jogos Desportivos Pan-Americanos, no Canadá. Além disso, haverá a disputas dos Mundiais Júnior e Juvenil Masculinos.
 
Fonte: http://www.brasilhandebol.com.br/noticias_detalhes.asp?id=29999&moda=001&contexto=01&area=&evento=