Liga Nacional de Handebol será mais curta

Liga Nacional de Handebol será mais curta

A Unopar Londrina/Sercomtel conheceu ontem o adversário da estreia na Liga Nacional de Handebol. Único representante do Paraná na competição, a equipe londrinense recebe o atual campeão Pinheiros (SP), no dia 15 de setembro, no Ginásio Moringão, em Londrina. O segundo jogo também será em casa, contra os catarinenses do Itapema, quatro dias depois.

O técnico da Unopar Londrina/Sercomtel, Giancarlos Ramirez, quer aproveitar o início caseiro para tentar abrir vantagem. ''O objetivo é esse. Teremos dois jogos bons em casa e se vencermos podemos dar um passo importante para a classificação, já que a competição deste ano será mais curta'', comentou o treinador. O time de Ramirez só sai de Londrina para enfrentar o São Carlos (SP) pela terceira rodada, no dia 4 de outubro.

Por conta de um pedido do novo patrocinador da Confederação Brasileira de Handebol (CBHb), a Liga Nacional deste ano será bem mais curta em relação aos anos anteriores. O torneio, que terá novamente sete participantes, assim como em 2011, será disputado em turno único, que terá duração de pouco mais de um mês. Os quatro melhores avançam às semifinais, que serão disputadas em dois jogos, assim como a final.

Inicialmente, o campeonato tinha oito equipes confirmadas, mas o time de Campos (RJ) foi retirado depois que nenhum representante compareceu ao arbitral técnico, realizado semana passada em Santo André, no ABC Paulista.

Correios

A CBHb assina no final do mês o contrato com os Correios, novo patrocinador da entidade. Os valores do acordo não foram divulgados, mas o investimento será suficiente para arcar com as despesas dos participantes da Liga Nacional, todas as seleções, incluindo as de base, e ainda manter os polos de aprendizado da modalidade, seis no total, espalhados pelo Brasil.

''Esta Liga mais curta foi um pedido do próprio Correios, que já tem tudo pronto para o ano que vem'', conta Ramirez. Segundo ele, a edição 2013 da maior competição do handebol nacional começa em abril e vai até agosto, com a participação de dez equipes. Dirigentes da CBHb também seguem negociando com dois canais de TV os direitos de transmissão da competição para o ano que vem.

 
 
Rafael Souza
Reportagem Local
Folha de Londrina