Maringá e Cascavel na final feminina do Paranaense de Handebol Adulto Chave Ouro

Maringá e Cascavel na final feminina do Paranaense de Handebol Adulto Chave Ouro

Valendo vaga na final do Campeonato Paranaense de Handebol Adulto Chave Ouro, quatro equipes se enfrentaram no sábado (07.11) no ginásio de esportes Francisco Bueno Neto (Chico Neto), em Maringá. Com a vitória em seus confrontos, as seleções femininas da FAG/Cascavel e da Prefeitura de Maringá/Unimed/Unifamma disputam domingo (08.11), com início às 14 horas, o título estadual da divisão de elite. Todas as partidas da Divisão Especial serão transmitidas ao vivo pela TV LHPR através do site www.paranahandebollhpr.com, com narração de Washington Sena, da BLESS TV. Os torcedores também podem acompanhar lances e resultados dos jogos e demais informações da competição pela fan page paranahandebolhpr e pelo twitter @paranahandebol.

Com os desfalques da meia esquerda Taísse, da pivô Bárbara, da ponta e meia direita Cleide e da central Geovana, que estão disputando o Campeonato Paulista e o Campeonato Brasileiro de Handbeach, o time dois-vizinhense entrou no jogo apático, não reagindo as investidas das cascavelenses, que aproveitaram para ampliar o placar a cada posse de bola, fechando o primeiro tempo em 20 a 07. Na segunda etapa, o time do Oeste diminuiu o ritmo, enquanto Dois Vizinhos imprimia velocidade na partida, conseguindo converter alguns gols, mas nada que impedisse a derrota para as adversárias, que venceram por 46 a 18. “As atletas ausentes ocupam posições fundamentais, sem elas fizemos algumas adaptações, mas Cascavel é a grande favorita, veio completa e foram superiores”, avaliou o técnico Emerson Abati.

Para a decisão do 3º lugar, Abati espera que o time mude de postura e encare a adversária AhandFoz/Smel/Foz do Iguaçu de igual pra igual. “Sabíamos que a semifinal seria difícil, se viéssemos com a equipe completa tínhamos chance de brigar, mas a ausência das quatro atletas mexeu muito mais com o emocional do time do que com a parte técnica. Vamos jogar pelo 3º lugar. O grupo está de parabéns pela campanha até aqui, chegar entre as quatro melhores equipes do Estado em nossa primeira participação foi um resultado acima do esperado, vamos continuar com o trabalho para que em 2016 possamos alcançar voos maiores. Agradecemos à Liga de Handebol pela excelente organização, à APAH, à administração municipal e às pessoas que nos apoiam para que possamos representar a região Sudoeste no Paranaense”, declarou Abati.

Com uma campanha invejável, as cascavelense chegam a final invistas e com status de favorita para subir no lugar mais alto do pódio. Conforme o técnico Neudi Zenatti, a ausência dos reforços da 5ª etapa no time de Dois Vizinhos facilitou para que as ações da equipe fossem desenvolvidas mais facilmente, abrindo uma vantagem expressiva sobre as rivais. Para a final contra Maringá, Neudi espera um jogo equilibrado, definido em detalhes. “As meninas fizeram por merecer chegar a final, estamos focados em buscar o título. Será um jogo difícil, mas estamos prontos”.

A atleta Kayllwanne Silva foi eleita destaque da partida. Durante a semifinal, a pivô pisou de mal jeito e machucou o joelho, caso a lesão se confirme a atleta fica de fora da decisão.

Na disputa segunda vaga à final, as anfitriãs fizeram o dever de casa e passaram pelas iguaçuenses com tranquilidade, vencendo o confronto por 32 a 24. A jogadora Fernanda Luchchese ganhou o prêmio de atleta destaque do jogo. “A obrigação de ganhar era de Maringá, que têm atletas que treinam e vivem do esporte. A nossa equipe é montada para competir com atletas da cidade e algumas convidadas, que só se juntam para competir. Procuramos fazer um bom jogo, mas por não treinar as meninas sentiram logo, o desgaste físico foi muito grande, chegaram ao seu limite”, avaliou a professora Regina Salete dos Santos, acrescentando: “Vamos jogar pela medalha de bronze, acredito que será um jogo páreo a páreo com Dois Vizinhos, apesar deles terem vários desfalques, é uma equipe que, assim como a gente, não desiste nunca”, enaltece, contando que terá duas possíveis baixas para a disputa, a goleira Crislaine Dantas e a ponta direita Valdineia Silva, ambas sofreram se machucaram na semi.  

O Campeonato Paranaense de Handebol Adulto Chave Ouro é promovido pela Liga de Handebol, e conta com o apoio da Prefeitura de Maringá, por intermédio da Secretaria de Esportes e Lazer, da Associação Maringaense de Handebol, da Federação Internacional de Handebol (IHF), da Confederação Brasileira de Handebol, da Secretaria do Estado do Esporte e do Turismo (SEET), da Associação Paranaense de Árbitros de Handebol (APAH), do CREF9/PR, e tem o patrocínio das empresas Kagiva e Caio Eventos.
 
Liga de Handebol do Paraná
Assessoria de Comunicação
Texto: Jaqueline Galvão
Foto: Prefeitura de Maringá
jaquelinefsgalvao@hotmail.com
(44) 3220-5750 / (45) 9139-1005
Skype: paranahandebol
facebook.com/paranahandebolhpr
Twitter: paranahandebol
Instagram: parana_handebol
www.paranahandebollhpr.com