Morten Soubak técnico da Seleção Brasileira Feminina, vem ao Paraná para participar da Escola Paranaense de Técnicos de Handebol

Morten Soubak técnico da Seleção Brasileira Feminina, vem ao Paraná para participar da Escola Paranaense de Técnicos de Handebol

Em um projeto inovador, o handebol paranaense da continuidade a qualificação dos profissionais que trabalham com o treinamento da modalidade, visando consolidar os bons resultados alcançados e intensificar as revelações de atletas. Na semana (14 a 16 de novembro), em Curitiba acontece a segunda etapa da Escola Paranaense de Técnicos de Handebol / EPTH voltada para treinadores de handebol e e demais Profissionais de Educação Fisica interesados e contará com a presença do técnico da seleção brasileira feminina, o dinamarques Morten Soubak.

No começo do ano com a Assembleia da Liga de Handebol do Paraná, entidade que administra oficialmente a modalidade no Estado, foi aprovada a implantação da Escola Paranaense de Técnicos de Handebol  / EPTH, a escola objetiva a formação continuada de técnicos que atuam no Estado do Paraná. Porém a efetivação só aconteceu no segundo semestre deste ano, visto que a entidade teve de buscar parceiros na viabilizar os custos de pró-labore e despesas operacionais que um evento como este demanda.

 

Contando com o Conselho Regional de Educação Fisica do Paraná / CREF09-PR como parceiro master na implantação da Escola Paranaense de Treinadores / EPTH, que considerou como fundamental o objetivo da EPTH, de capacitar continuamente os profissionais do handebol paranaense e também os profissionais de educação física recém formados.

A Liga de Handebol categorizou os treinadores que atuam no Paraná em três níveis (I, II e III), e estes níveis servem para classificar a categoria de atuação de cada treinador. O nível I por exemplo é o da base, da iniciação e pode dirigir equipes em competição menores. O técnico nível II já tem um conhecimento mais aprofundado, e sua graduação lhe garante o direito de dirigir equipes adultas em competições estaduais e até o nível juvenil em competições nacionais. Já o nível III é o profissional com bagagem que dirige equipes na liga nacional, equipes adultas e pode ser inclusive técnico da seleção brasileira.

Richarde Cesar Salvador, que preside a Liga de Handebol do Paraná, disse que dentro do Estado a grande maioria dos treinadores são nível I e II, com raras exceções de nível III, mas que o trabalho a longo prazo quer melhorar a qualificação dos técnicos para garantir a manutenção dos resultados do handebol paranaense: "Encontramos uma dificuldade de qualificar nossos treinadores e criamos a escola justamente para fazer com que os profissionais tenham contato com novos métodos, novas perspectivas que o handebol moderno carrega. Com isso o handebol paranaense que já é forte, há de permanecer na elite da modalidade no Brasil."

Segundo informou o presidente, as inscrições podem ser feitas até o dia 13 de novembro e as informações sobre a EPTH e mais detalhes podem ser conseguidas através do celular (44) 9988-6768 ou pelo email parana@paranahandebol.com.br
A inscrição pode ser feita diretamente através do link: http://www.paranahandebollhpr.com/products/programa-escola-paranaense-de-tecnicos-de-handebol-epth/

Visite também o site da Liga de Handebol do Paraná: www.paranahandebollhpr.com

PROGRAMAÇÃO DA 2ª ETAPA DA ESCOLA PARANAENSE DE TÉCNICOS DE HANDEBOL 2012
 

LOCAL: SECRETARIA DE ESTADO DO ESPORTE

ENDEREÇO: Rua Pastor Manoel Virgínio de Souza, 1020

Capão da Imbúia - 82810-400 - CuritibaPR 41 3361-6500

 

1º DIA – 14/11/2012 – QUARTA FEIRA

13H30 – CREDENCIAMENTO

14H – ABERTURA: ATUAÇÃO CREF09/PR - HANDEBOL PARANAENSE – HANDEBOL NACIONAL

PROFESSORES: ANTONIO EDUARDO BRANCO, RICHARDE CESAR SALVADOR, NEWTON TRINDADE JUNIOR, DÉCIO ROBERTO CALEGARI, VITOR MARTINEZ E MORTEN SOUBAK.

14H30 AS 18H00 - PLANO DE TRABALHO HANDEBOL FEMININO DO BRASIL

PROFESSOR MORTEN SOUBAK - TÉCNICO DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL

19H30 AS 21H30 - PLANO DE TRABALHO HANDEBOL FEMININO DO BRASIL

PROFESSOR MORTEN SOUBAK - TÉCNICO DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL

 

2º DIA – 15/11/2012 – QUINTA FEIRA

09H00 AS 12H00 - PLANO DE TRABALHO HANDEBOL FEMININO DO BRASIL

PROFESSOR MORTEN SOUBAK - TÉCNICO DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL

14H00 AS 18H00 - PLANO DE TRABALHO HANDEBOL FEMININO DO BRASIL

PROFESSOR MORTEN SOUBAK - TÉCNICO DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL

19H30 – ORGANIZAÇÃO DE EQUIPES E EVENTOS

PROF. RICHARDE SALVADOR - ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS MUNICIPAIS E ESTADUAIS
PROF. VITOR MARTINEZ - ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS
PROF. NEWTON TRINDADE - ORGANIZAÇÃO DE EQUIPES FEMININAS E MASCULINAS

 

3º DIA – 16/11/2012 – SEXTA FEIRA

09H00 AS 12H00 – MINI HANDEBOL

PROFESSOR JOSÉ CARLOS MENDES

14H00 AS 18H00 - MINI HANDEBOL

PROFESSOR JOSÉ CARLOS MENDES

19H30 – ELABORAÇÃO DE PROJETOS E CAPTAÇÃO DE RECURSOS.

PROFESSOR DECIO ROBERTO CALEGARI

 

Assessoria de Imprensa

Liga de Handebol do Paraná

Orlando Gonzalez

(44) 9903-6304

www.paranahandebollhpr.com