Ourizona comemora ouro inédito da Chave Prata e acesso à Divisão de Elite em 2016

Ourizona comemora ouro inédito da Chave Prata e acesso à Divisão de Elite em 2016

Depois de garantir o acesso à Chave Ouro em 2016, a seleção feminina da Prefeitura de Ourizona conquistou o título inédito da Chave Prata do Campeonato Paranaense de Handebol Adulto, ao vencer na final as meninas de Alto Paraná, por 38 a 27. A competição foi realizada entre sábado (12) e domingo (13), na cidade de Rebouças.

Depois de encerrar a primeira etapa empatadas em 19 a 19, o rendimento das alto-paranaenses caiu e Ourizona cresceu na partida, abrindo vantagem sobre as adversárias, que não mais conseguiram encostar no placar, encerrado em 38 a 27. As ourizonenses derem um bonito exemplo de fair play ao chamar as vice-campeãs para o pódio junto com elas. “Viemos trabalhando desde o ano passado, construímos uma equipe muito boa, que graças ao apoio da Prefeitura de Ourizona chegamos até aqui. Estou muito orgulhoso pelo resultado que conquistamos”, mencionou o treinador Dejair Jaja.

A equipe chegou ao título sem perder uma partida na competição, resultado de um trabalho que uniu o gosto pelo handebol com a responsabilidade de representar um município. “Por ser uma cidade pequena, com pouco mais de 3.700 habitantes, representa muito este ouro pra gente. É gratificante chegar à final de uma competição em que conseguimos vencer todos os desafios, só tenho a agradecer pelo empenho e envolvimento das atletas. Agora vamos voltar aos treinos, que em 2016 o ritmo será mais pegado na Ouro”, declarou Jaja, que conta com o suporte do auxiliar Marcos Cezar.

Com belas defesas, a goleira Renata Meneguci ajudou a equipe a levantar o troféu de campeã estadual 2015. “Foi difícil, achei que não conseguiríamos levar o título. No primeiro tempo não joguei muito bem, mas no segundo entrei melhor na partida, mais concentrada e confiante, fechei o gol, foi onde consegui ajudar a equipe a se sobressair”, destacou Renata, eleita a melhor jogadora da partida.

O técnico de Alto Paraná, José Luiz Bellini, diz que a competição lhe trouxe uma grande lição: para vencer o time precisa estar completo. Desfalcado em razão da seleção escolar do município estar na disputa dos Jogos Escolares da Juventude, em Fortaleza, o time perdeu em técnica e em movimentação da quadra. “O jogo era das campeãs do Estado, equipes de alto nível, com atletas mais jovens que jogam com técnica bem aprimorada, mais esbarrou na força da equipe adversária. A goleira (de Ourizona) fechou o gol e nós não conseguimos encaixar o contra-ataque. No primeiro tempo o jogo foi equilibrado, mas no segundo perdemos muitos gols no contra-ataque, ficamos pra trás, demoramos a reagir. Por ser um campeonato muito atuante, serviu de lição pra nós: para uma decisão o time precisa estar completo, do contrário não conseguimos manter o rendimento, porque estamos sem banco pra fazer as trocas. No geral, tenho certeza que representamos muito bem nossa cidade”, analisou Bellini, que substituiu seu filho, o técnico Marcos Bellini, à frente do elenco no Campeonato Paranaense.

Na decisão da medalha de bronze, Rondon Handebol superou Quedas do Iguaçu por 29 a 20, com parciais 14/7 e 15/13, completando o pódio da Chave Prata.Na decisão da medalha de bronze, Rondon Handebol superou Quedas do Iguaçu por 29 a 20, com parciais 14/7 e 15/13, completando o pódio da Chave Prata. “É resultado do nosso trabalho e do envolvimento das atletas com o projeto. A equipe representou muito bem Rondon, estou orgulhoso delas”, ressaltou o treinador Donizete Pereira da Silva, acrescentando: “Quero aproveitar para parabenizar a Liga de Handebol por nos proporcionar competições de alto nível como essa, porque é através de campeonatos como este que faz com que as atletas se interessem pela modalidade e se dediquem aos treinamentos para poder competir. Agradeço a Prefeitura de Rondon pelo apoio que tem nos dado, os resultados já começamos a colher”.

O Campeonato Paranaense de Handebol Adulto Chave Prata é promovido pela Liga de Handebol do Paraná, e conta com o apoio da Prefeitura de Rebouças, da Associação Reboucense de Handebol, da Federação Internacional de Handebol (IHF), da Confederação Brasileira de Handebol, da Secretaria do Estado do Esporte e do Turismo (SEET), da Associação Paranaense de Árbitros de Handebol (APAH), do CREF9/PR, e tem o patrocínio das empresas Kagiva e Caio Eventos.

Liga de Handebol do Paraná
Assessoria de Comunicação
Texto e Fotos: Jaqueline Galvão
jaquelinefsgalvao@hotmail.com
(42) 3457-1585 / (45) 9139-1005
Skype: paranahandebol
facebook.com/paranahandebolhpr
Twitter: paranahandebol
Instagram: parana_handebol
www.paranahandebollhpr.com