Paraná disputa 3º lugar do handebol nos Jogos Escolares da Juventude

Paraná disputa 3º lugar do handebol nos Jogos Escolares da Juventude

Em disputas de tirar o fôlego, o Paraná foi superado nas semifinais do handebol da Primeira Divisão dos Jogos Escolares da Juventude, etapa de 12 a 14 anos, que está sendo realizado em Fortaleza (CE). As partidas foram realizadas na sexta-feira (11.09), no Centro de Formação Olímpica do Nordeste, anexo ao Estádio Castelão.

A dez segundos do final do jogo, as paranaenses da Escola Estadual Agostinho Stefanello, de Alto Paraná, viram a chance de disputar a final da etapa nacional da maior competição estudantil da América Latina ruir. Com o confronto empatado em 11 a 11, as pernambucanas do Colégio Anglo Líder tinham a posse de bola e não desperdiçaram a oportunidade de carimbar o passaporte à final dos Jogos Escolares, fechando o placar em 12 a 11.  “Não deu desta vez, mas quero ressaltar que estou muito orgulhoso com essas guerreiras que fizeram um jogo magnífico, o melhor até aqui na competição, ambas poderiam sair com a vitória de quadra. Sabíamos das qualidades das nossas adversárias que haviam representado o Brasil nos Jogos Escolares Mundiais, então o páreo era duro. Cabeça erguida e fé em Deus para sairmos daqui com esse 3° lugar que é o nosso objetivo agora”, destacou o técnico Marcos Bellini.

O segundo classificado é o Colégio Castro Alves (ES), que venceu a Escola Cesário Coimbra (MG) pelo placar de 17 a 15. As campeãs se encontram para a decisão do ouro às 11h30 de sábado (12.10). Antes, o Paraná enfrenta as mineiras da Escola Cesário Coimbra, às 10 horas, pelo 3º lugar no pódio. Os duelos acontecem no Centro de Formação Olímpica do Nordeste, anexo ao Estádio Castelão.

Defendem as cores do Estado Isabela Zuco, Daphini Roza, Ketole Poliana, Kauany Mizael,Vitoria Frachinconi, Raynara Vitória, Mariana Rodrigues, Greice Kelly, Ana Camila Gonçalves, Larissa Barcellos e Andreia Barcellos.

Na semifinal masculina, os paranaenses do Colégio Estadual Olavo Bilac, de Sarandi, não conseguiram repetir a mesma atuação dos jogos anteriores e foram derrotados por 21 a 16 pela equipe mineira do Colégio Padrão. “A equipe mineira apresentou um handebol muito forte e competitivo. Essa derrota não tira o brilho dos meninos que se entregaram por inteiro na competição, representar o Estado e mantê-lo na primeira divisão já é uma grande conquista, essa é a primeira vez que chegamos à fase nacional e vamos voltar novamente”, enfatizou o professor Edmilson Santos, acrescentando: “Agora precisamos levantar a cabeça e buscar o bronze que também é importante pra nossa cidade e para o Paraná”.

A segunda vaga à final foi garantida pelo Colégio Castro Alves (ES), que ganhou de 23 a 21 do Barbosa de Godois (MA). A disputa pela medalha dourada acontece às 16h30 entre o Colégio Castro Alves e o Colégio Padrão. E a decisão do bronze começa às 15 horas, quando os paranaenses enfrentam os mineiros do Barbosa de Godois. O placo das partidas é o Centro de Formação Olímpica do Nordeste. “Se você tem um sonho ou um objetivo, mesmo que os outros te falam que não vai conseguir, não dê ouvidos, acredite em Deus e busque suas metas. Um dia sonhei em ter um projeto social onde queríamos que nossas crianças tivessem mais oportunidades, hoje estamos no Nordeste com nossos atletas se divertindo e tendo oportunidades, tudo isso já vale ouro”, enalteceu Santos.

Vestem a camisa da Força Verde os goleiros Natham Marcos e Yan Hatada; os centrais Matheus Frias e João Vera Cruz; os pontas José Albuquerque e Natahanael Eduardo, os pivôs Gustavo Ferreira, Luan Corutti e Pablo Freitas, e os armadores Bryan Crivelari, André Novaes, Matheus Costa.

Liga de Handebol do Paraná
Assessoria de Comunicação
Jaqueline Galvão
Fotos: Divulgação/Josi Schmidt
jaquelinefsgalvao@hotmail.com
(42) 3625-8356 / (45) 9139-1005
Skype: paranahandebol
facebook.com/paranahandebolhpr
Twitter: paranahandebol
Instagram: parana_handebol
www.paranahandebollhpr.com