Paranaense Adulto começa com disputas acirradas em Toledo

Paranaense Adulto começa com disputas acirradas em Toledo

Além dos adversários em quadra, os times participantes do Campeonato Paranaense de Handebol da categoria livre, que está sendo realizado simultaneamente nas cidades de Toledo e Quedas do Iguaçu, tiveram que enfrentar neste sábado, dia 30, a baixa temperatura, decorrente de uma grande massa de ar polar que cobre o Sul do Brasil.

Ao som da chuva caindo no telhado, foi dado início as disputas da primeira fase de grupos da competição. A cidade do Centro-Sul recepciona os selecionados da Chave Prata e Bronze, enquanto o município toledense recebe as seleções da Chave Ouro. As equipes se enfrentam em grupo único pelo sistema de rodízio em um turno, com a composição da chave estabelecida pela classificação obtida em 2014.

O ponto de partida foi dado pelas seleções femininas, em que Matelândia superou por 35 a 14 a Prefeitura de Barbosa Ferraz/Katuxa. A vitória foi muito comemorada pela equipe do Oeste do Paraná, que tem em seu elenco uma particularidade, do total de atletas inscritas, há três mães que dividem a quadra com suas filhas. À frente do time, a técnica Tatiane Moraes, que tem um vasto currículo na modalidade, com passagens pela Seleção Brasileira e pelos clubes de Matelândia, Cascavel e Ulbra-RS, avalia a estreia do time e enfatiza que o objetivo do grupo é ficar no G4 para garantir uma vaga na final da competição. “Nossa equipe não é de alto rendimento, mas queremos fazer um bom trabalho, treinamos visando bons resultados no decorrer do ano e vamos tentar buscar a nossa classificação à final do Paranaense. Estreamos bem, com uma vitória que dá confiança ao grupo. Agora nos encontramos com Cascavel, será um jogo difícil, mas nós vamos dar o nosso melhor. Tenho em mente que jamais devemos desistir antes de começar o jogo, vamos entrar de cabeça erguida e jogar pra ganhar”, ressalta Tatiane.

Na sequência, as meninas da Prefeitura de Toledo/ATH/APEF venceram por três bolas a Fecam/Ahandecam, 25 a 22. A goleira anfitriã Janaina Tollfo foi eleita atleta destaque da partida “Fizemos um bom jogo, mas precisamos corrigir algumas posições para melhorar nossa defesa e o nosso contra-ataque. Estou muito feliz pela vitória e pelo reconhecimento da Liga, felicidade completa”, declarou Janaina.

“Começamos com a mão direita, isso é muito bom, mostraram que têm condições de avançar na competição. O grupo é formado por jogadoras veteranas e uma mescla de atletas da nova geração, que não mantém uma regularidade nos treinos, em razão de compromissos pessoais, mas que quando se propõe a jogar joga de igual pra igual, é um time que sabe ouvir, isso muda tudo, porque uma equipe que não ouve está fadada a chega a lugar nenhum”, afirma o treinador Mauro Ansolin (Pato).

Em um dos jogos mais disputados, com gol sendo marcado ora do lado de cá ora do lado de lá, a Prefeitura de Maringá/Unimed/Unifamma conseguiu abrir vantagem sobre AhandFoz/Smel/Foz do Iguaçu faltando poucos minutos para o apito final, administrou o placar e garantiu a vitória por 30 a 25. “Jogamos bem, mas precisamos melhorar. Acredito que por ser jogo de estreia e por estar muito frio tenham sido fatores que prejudicaram o desempenho da equipe, porque elas podem render muito mais do que apresentaram no jogo. Temos que manter a regularidade, quando você consegue isso, se sobressai”, analisa o treinador Valmir Fassina.

Já as meninas da FAG/Cascavel atropelaram o selecionado da CISS/Dois Vizinhos ao marcar 31 gols contra 13. Com uma defesa bem posicionada, as cascavelenses não deram espaço para as rivais chegarem ao gol, ao tempo que criaram boas oportunidades, ampliando o placar e administrando até o apito final.


No masculino, Cambé/SEME/Handebol derrotou os pratas da casa por 33 a 23, ao passo que Fecam/Ahandcam/Grupo Integrado e Campo Largo/EPH/PUC protagonizaram uma das partidas mais equilibradas, fechando o placar com uma bola para os campo-mourenses, 25 a 24. Mesmo placar alcançado por CISS/Dois Vizinhos sobre AhandFoz/Smel/Foz do Iguaçu. Enquanto AIH/Bocchi Combustíveis/SIO sucumbiu ao ataque dos maringaenses, perdendo por 15 bolas, 32 a 17. E ACH/Cascavel garantiu a primeira vitória por 28 a 12 contra Prefeitura de Floraí/AFH.

Neste domingo (31), a partir das 08h30, a competição prossegue com jogos simultâneos nos ginásios de esportes Alcides Pan e Aldanir Rossoni (CCR), em Toledo. Para conferir a programação clique aqui.

A competição é promovida pela Liga de Handebol do Paraná, e conta com o apoio da Prefeitura de Toledo e de Quedas do Iguaçu, por intermédio das Secretarias de Esporte e Lazer, da Federação Internacional de Handebol (IHF), da Confederação Brasileira de Handebol, da Secretaria do Estado do Esporte e do Turismo (SEET), da Associação Paranaense de Árbitros de Handebol (APAH), do CREF9/PR, e tem o patrocínio das empresas Kagiva e Caio Eventos.

Assessoria de Comunicação
Texto e Fotos: Jaqueline Galvão
jaquelinefsgalvao@hotmail.com
(45) 9139-1005 / (44) 9988 6768
Skype: paranahandebol
facebook.com/paranahandebolhpr
Twitter: paranahandebol
Instagram: parana_handebol
www.paranahandebollhpr.com