Paranaenses defendem Seleção Brasileira de Handebol no Torneio Quatro Nações

Paranaenses defendem Seleção Brasileira de Handebol no Torneio Quatro Nações

Com as paranaenses Amanda Andrade, Célia Costa Coppi, Deonise Fachinello e Larissa Araújo, a Seleção Feminina de Handebol estreia nesta sexta-feira (27) no Torneio Quatro Nações. O Brasil vai abrir o campeonato contra a Eslovênia, às 19h15, no Ginásio Nilson Nelson, em Brasília (DF), com transmissão do SporTV. Logo em seguida, às 21h, Sérvia e Argentina se enfrentam no mesmo local. O Torneio Quatro Nações é o organizado pela Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) e servirá como preparação para o Mundial da Dinamarca, de 05 a 20 de dezembro, quando o Brasil defende o título conquistado em 2013.

A ponta esquerda Larissa foi surpreendida ao ser chamada pelo técnico Morten Soubak para representar o Brasil no principal campeonato do ano. Treinando com a equipe em Brasília (DF), a jogadora quer mostrar tudo que tem a contribuir. Natural de Curitiba, passou por todas as categorias de base e ficou de fora apenas de duas convocações no ano (Jogos Pan-Americanos e Desafio das Campeãs). “Sempre lutei muito para estar na Seleção e 2015 foi um ano ótimo para mim. Agora que surgiu essa oportunidade única de estar no Mundial quero aproveitar da melhor forma possível”, disse a atleta da UnC/Concórdia (SC), vice-campeã da Liga Nacional.

Focada, Larissa destacou a importância do Torneio Quatro Nações como preparação para o Mundial. “Vamos enfrentar times fortes para chegar ainda mais preparadas e focadas ao Mundial. Teremos jogos muito difíceis na Dinamarca. Vamos estrear contra a Coreia do Sul, que tem um estilo de jogo diferente do nosso”, analisou.

Apesar de ser a única equipe do Torneio Quatro Nações que não estará no Mundial da Dinamarca, a Eslovênia tem tradição no esporte e promete fazer jogo duro diante das atuais campeãs mundiais. A pivô Daniela Piedade, que jogou no país europeu por dois anos, lembrou do potencial do time. “A Eslovênia tem qualidade e tradição. Joguei com muitas dessas meninas e sei que não será fácil. A equipe não tem a mesma força como antigamente, mas é uma seleção europeia que vai dar trabalho. Temos que tomar muito cuidado e entrar focadas, até porque perdemos para elas no último encontro”, alertou a pivô, lembrando do Torneio Internacional da Espanha, em 2010, quando a Eslovênia superou o Brasil por 27 a 23.

Desde segunda-feira (23) em Brasília, Dani aprovou os primeiros dias de treinamento no Brasil e previu que o time estará em bom nível para o Mundial da Dinamarca. “A equipe está bem focada no nosso objetivo principal, que é o Mundial. A semana de treinos foi muito produtiva, estamos nos cobrando muito para melhorar em todos os aspectos. Acredito que o Morten também esteja satisfeito. Estamos todas querendo chegar ao Mundial no mesmo nível de 2013, quando conquistamos o título”, enfatizou a experiente pivô de 36 anos.

Ingressos - Os ingressos para o Torneio Quatro Nações Feminino serão trocados por 1kg de alimento não perecível até às 18h desta sexta-feira (26), no ponto montado no portão 5 do Ginásio Nilson Nelson, e nos dias dos jogos, caso ainda tenha disponibilidade. Os ingressos serão válidos para a rodada dupla que será realizada no dia correspondente. O limite de troca será de cinco ingressos por pessoa para cada rodada.


Seleção Brasileira Feminina
Goleiras: Bárbara Arenhart "Babi" (Nykobing F. Handboldklub - Dinamarca) e Mayssa Pessoa (Bucareste - Romênia).

Pontas: Alexandra Nascimento "Alê" (Baia Mare - Romênia), Célia Costa (Metodista/São Bernardo - SP), Fernanda França (Bucareste - Romênia), Jéssica Quintino (MKS Selgros Lublin - Polônia) e Larissa Araújo (UnC/Concórdia - SC).

Armadoras: Amanda Andrade (UnC/Concórdia - SC), Bruna Paula (São José - SP), Deonise Fachinello (Bucareste - Romênia) e Eduarda Amorim "Duda" (Györ Audi ETO - Hungria).

Centrais: Ana Paula Rodrigues (Bucareste - Romênia) e Francielle Gomes da Rocha "Fran" (Hypo Nö - Áustria).

Pivôs: Daniela Piedade "Dani" (Siófok KC - Hungria), Fabiana Diniz "Dara" (BBM Bietigheim - Alemanha) e Tamires Morena (Mosonmagyaróvári - Hungria).

Programação
Sexta-feira (27)

19h15 - Brasil x Eslovênia (SporTV)
21h - Sérvia x Argentina

Sábado (28)
13h50 - Brasil x Argentina (canais SporTV)
15h50 - Sérvia x Eslovênia

Domingo (29)
10h - Argentina x Eslovênia
12h - Brasil x Sérvia (canais SporTV)

Serviço:
Local: Ginásio Nilson Nelson
Endereço: Setor SRPN - trecho 1 - Brasília (DF)
Data: 27 a 29 de novembro

Assessoria de Comunicação
Confederação Brasileira de Handebol
Fotos: Divulgação/CBHb