Paranaenses defendem Seleção Brasileira no Pan-Americano em aquecimento para Rio 2016

Paranaenses defendem Seleção Brasileira no Pan-Americano em aquecimento para Rio 2016
 
Os paranaenses Haniel Vinícius Inouê Langaro, Henrique Selicani Teixeira e Leonardo Felipe Sampaio Santos integram a Seleção Brasileira de Handebol na disputa do Campeonato Pan-Americano, em Buenos Aires, na Argentina. A estreia do Brasil acontece neste sábado (11), contra os paraguaios, às 20 horas, no ginásio de esporte Tecnopolis. Este ano a competição continental será mais longa do que de costume, já que 12 países buscam as medalhas e também três vagas para o Mundial da França, em janeiro de 2017. Além destes objetivos, o Brasil busca no Pan um aquecimento para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, daqui a dois meses. 
 
A equipe verde e amarela está no grupo B, que conta também com Estados Unidos, Porto Rico, Uruguai e Colômbia, e irá brigar pelo terceiro título da competição. No caminho até as semifinais, o Brasil pega a equipe de Porto Rico no domingo (12), a Colômbia na segunda-feira (13), os Estados Unidos na quarta-feira (15), e o Uruguai na quinta-feira (16). 
Jordi Ribera, técnico da Seleção Brasileira, destaca que a principal meta do Brasil é uma das vagas para o Mundial. "O Pan-Americano distribui três vagas para o Mundial da França e esse é sempre o primeiro objetivo. Depois, como é normal, queremos tentar ganhar o campeonato. Nestes últimos anos sempre tivemos uma briga na final contra a Argentina. Mas, antes de chegar lá, será uma competição longa e para nós será muito importante para podermos praticar algumas coisas que temos feito durante os treinamentos", explicou. 
 
O treinador disse que a competição vai ficando cada vez mais disputada ao longo das rodadas. "Pouco a pouco vamos chegando aos jogos mais difíceis. Na parte final teremos Estados Unidos e Uruguai, que já são times um pouco mais complicados. Depois nos cruzamentos, fica ainda mais. O Chile, por exemplo, é um time que tem crescido e fez um pré-olímpico muito bom. Também podemos encontrar a Groenlândia, uma equipe que joga com um estilo bem europeu", completou Jordi. 
 
O goleiro Maik Santos, um dos mais experiente do grupo, acredita nos jovens talentos da Seleção para garantir um bom resultado. "Estamos com uma equipe jovem e muito qualificada, que está competindo lá fora, adquirindo uma boa experiência e, com certeza, trazendo isso para a Seleção. A nossa filosofia de trabalho é outra desde a chegada do Jordi e isso fez o time crescer. O importante é acreditarmos no que temos feito", opinou. 
 
Confira a tabela de jogos do Brasil
Sábado (11)
20h - Brasil x Paraguai
 
Domingo (12)
17h - Brasil x Porto Rico
 
Segunda-feira (13)
17h - Brasil x Colômbia
 
Quarta-feira (15)
17h - Estados Unidos x Brasil
 
Quinta-feira (16)
17h - Brasil x Uruguai
 
Sábado (18)
Semifinais
 
Domingo (19)
Final
 
Seleção Masculina de Handebol
Goleiros - César Augusto de Oliveira Almeida 'Bombom' (Fraikin BM. Granollers-Espanha), Maik Ferreira dos Santos (Taubaté/FAB/Unitau-SP) e Rangel Rosa (BM Villa de Aranda-Espanha).
 
Armadores - Haniel Vinícius Inouê Langaro (Naturhouse La Rioja-Espanha), José Guilherme de Toledo (Orlen Wisla Plock-Polônia), Leonardo Felipe Sampaio Santos (CB Ademar Leon-Espanha), Oswaldo Maestro Guimarães (BM Villa de Aranda-Espanha) e Thiagus Petrus Gonçalves dos Santos (Mol-Pick Szeged-Hungria). 
 
Centrais - Diogo Kent Hubner (São Caetano-SP), Henrique Selicani Teixeira (Fraikin BM. Granollers-Espanha) e João Pedro Francisco da Silva (Chambéry Savoie Handball-França). 
 
Pontas - André Martins Soares (Taubaté/FAB/Unitau-SP), Fábio Rocha Chiuffa (Assoc. Dep. Ciudad de Guadalajara-Espanha), Felipe Borges Dutra Ribeiro (Montpellier Agglomeration Handball-França) e Lucas Cândido (Taubaté/FAB/Unitau-SP). 
 
Pivôs - Ales Abrão Silva (Assoc. Dep. Ciudad de Guadalajara-Espanha), Alexandro Pozzer (Fertiberia Puerto Sagunto-Espanha) e Vinícius Santos Teixeira (Taubaté/FAB/Unitau-SP). 
 
Comissão técnica
Técnico: Jordi Ribera
Supervisor: Cássio Marques
Auxiliar técnico: Washington Nunes
Treinador de goleiros: Diogo Castro
Médico: Gustavo Rocha
Preparador físico: Luiz Antônio Luisi Turisco
Fisioterapeuta: Gustavo Barbosa
Psicóloga: Anahy Couto
Nutricionista: Larissa Aguiar
Massoterapeuta: João Batista Mariano da Silva
 
Assessoria de Comunicação 
Confederação Brasileira de Handebol
Confederação Brasileira de HandebolParanaenses defendem Seleção Brasileira no Pan-Americano em aquecimento para Rio 2016
 
 
 
Os paranaenses Haniel Vinícius Inouê Langaro, Henrique Selicani Teixeira e Leonardo Felipe Sampaio Santos integram a Seleção Brasileira de Handebol na disputa do Campeonato Pan-Americano, em Buenos Aires, na Argentina. A estreia do Brasil acontece neste sábado (11), contra os paraguaios, às 20 horas, no ginásio de esporte Tecnopolis. Este ano a competição continental será mais longa do que de costume, já que 12 países buscam as medalhas e também três vagas para o Mundial da França, em janeiro de 2017. Além destes objetivos, o Brasil busca no Pan um aquecimento para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, daqui a dois meses. 
 
A equipe verde e amarela está no grupo B, que conta também com Estados Unidos, Porto Rico, Uruguai e Colômbia, e irá brigar pelo terceiro título da competição. No caminho até as semifinais, o Brasil pega a equipe de Porto Rico no domingo (12), a Colômbia na segunda-feira (13), os Estados Unidos na quarta-feira (15), e o Uruguai na quinta-feira (16). 
 
Jordi Ribera, técnico da Seleção Brasileira, destaca que a principal meta do Brasil é uma das vagas para o Mundial. "O Pan-Americano distribui três vagas para o Mundial da França e esse é sempre o primeiro objetivo. Depois, como é normal, queremos tentar ganhar o campeonato. Nestes últimos anos sempre tivemos uma briga na final contra a Argentina. Mas, antes de chegar lá, será uma competição longa e para nós será muito importante para podermos praticar algumas coisas que temos feito durante os treinamentos", explicou. 
 
O treinador disse que a competição vai ficando cada vez mais disputada ao longo das rodadas. "Pouco a pouco vamos chegando aos jogos mais difíceis. Na parte final teremos Estados Unidos e Uruguai, que já são times um pouco mais complicados. Depois nos cruzamentos, fica ainda mais. O Chile, por exemplo, é um time que tem crescido e fez um pré-olímpico muito bom. Também podemos encontrar a Groenlândia, uma equipe que joga com um estilo bem europeu", completou Jordi. 
 
O goleiro Maik Santos, um dos mais experiente do grupo, acredita nos jovens talentos da Seleção para garantir um bom resultado. "Estamos com uma equipe jovem e muito qualificada, que está competindo lá fora, adquirindo uma boa experiência e, com certeza, trazendo isso para a Seleção. A nossa filosofia de trabalho é outra desde a chegada do Jordi e isso fez o time crescer. O importante é acreditarmos no que temos feito", opinou. 
 
Confira a tabela de jogos do Brasil
Sábado (11)
20h - Brasil x Paraguai
 
Domingo (12)
17h - Brasil x Porto Rico
 
Segunda-feira (13)
17h - Brasil x Colômbia
 
Quarta-feira (15)
17h - Estados Unidos x Brasil
 
Quinta-feira (16)
17h - Brasil x Uruguai
 
Sábado (18)
Semifinais
 
Domingo (19)
Final
 
Seleção Masculina de Handebol
Goleiros - César Augusto de Oliveira Almeida 'Bombom' (Fraikin BM. Granollers-Espanha), Maik Ferreira dos Santos (Taubaté/FAB/Unitau-SP) e Rangel Rosa (BM Villa de Aranda-Espanha).
 
Armadores - Haniel Vinícius Inouê Langaro (Naturhouse La Rioja-Espanha), José Guilherme de Toledo (Orlen Wisla Plock-Polônia), Leonardo Felipe Sampaio Santos (CB Ademar Leon-Espanha), Oswaldo Maestro Guimarães (BM Villa de Aranda-Espanha) e Thiagus Petrus Gonçalves dos Santos (Mol-Pick Szeged-Hungria). 
 
Centrais - Diogo Kent Hubner (São Caetano-SP), Henrique Selicani Teixeira (Fraikin BM. Granollers-Espanha) e João Pedro Francisco da Silva (Chambéry Savoie Handball-França). 
 
Pontas - André Martins Soares (Taubaté/FAB/Unitau-SP), Fábio Rocha Chiuffa (Assoc. Dep. Ciudad de Guadalajara-Espanha), Felipe Borges Dutra Ribeiro (Montpellier Agglomeration Handball-França) e Lucas Cândido (Taubaté/FAB/Unitau-SP). 
 
Pivôs - Ales Abrão Silva (Assoc. Dep. Ciudad de Guadalajara-Espanha), Alexandro Pozzer (Fertiberia Puerto Sagunto-Espanha) e Vinícius Santos Teixeira (Taubaté/FAB/Unitau-SP). 
 
Comissão técnica
Técnico: Jordi Ribera
Supervisor: Cássio Marques
Auxiliar técnico: Washington Nunes
Treinador de goleiros: Diogo Castro
Médico: Gustavo Rocha
Preparador físico: Luiz Antônio Luisi Turisco
Fisioterapeuta: Gustavo Barbosa
Psicóloga: Anahy Couto
Nutricionista: Larissa Aguiar
Massoterapeuta: João Batista Mariano da Silva
 
Assessoria de Comunicação 
Confederação Brasileira de Handebol