Potência no handebol de areia, Brasil recebe dois países para jogos em Niterói (RJ)

Potência no handebol de areia, Brasil recebe dois países para jogos em Niterói (RJ)

Duelos na Praia de São Francisco irão contar com as Seleções Brasileiras, do Uruguai e dos Estados Unidos

Seleção Feminina enfrenta o Uruguai

 

Da redação, Santo André (SP) - As areias da Praia de São Francisco, em Niterói (RJ), irão receber grandes confrontos do handebol de areia neste fim de semana. O Brasil é a maior potência mundial da modalidade e fará a alegria do público mostrando um pouco desse esporte plástico e surpreendente ao lado de outras duas grandes feras. No sábado (5), a Seleção Masculina do Brasil e dos Estados Unidos se enfrentam pela manhã, às 10h, seguidas de Brasil e Uruguai pelo naipe feminino. No domingo (6), a arena será palco do desafio feminino entre Brasil e Uruguai, a partir das 9h30, com transmissão, ao vivo, no Esporte Espetacular, da TV Globo.
 
Tetracampeão mundial pelo masculino e tri pelo feminino, o Brasil está no topo do ranking da Federação Internacional de Handebol (IHF) nos dois naipes. As partidas deste fim de semana, contra dois adversários das Américas, serão uma ótima oportunidade para melhorar ainda mais o nível do handebol de areia no Continente. "Para nós, será um ganho enorme ter mais uma competição internacional aqui no Brasil. O handebol como um todo ganha com isso. Tenho certeza que valerá a pena assistir e todos vão se orgulhar da força do handebol de areia brasileiro", comentou o diretor das Seleções de Handebol de Areia da Confederação Brasileira de Handebol (CBHb), Stanley Mackenzie.
 
Segundo o diretor, ambas as equipes estão preparadas para levantar a torcida em Niterói (RJ). No caso da feminina, que faz o duelo principal no domingo (6), o time está totalmente entrosado. "A base da nossa Seleção joga em João Pessoa, na Paraíba. Apenas duas vêm de outros Estados, mas, como estavam totalmente entrosadas no Mundial e participam constantemente do Circuito Nacional de Handebol de Areia, isso não será um ponto negativo. Com certeza, elas vão mostrar o quanto são boas no que fazem", destacou Stanley, fazendo referência a Patricia Scheppa, que joga em São Paulo, e Carolina Braz, do Rio Grande do Norte. 
 
O secretário de esportes de Niterói (RJ), Bruno Souza, conta que a cidade está muito satisfeita por ser palco dessas grandes partidas. "Niterói é uma referência na modalidade, revela talentos na quadra e na praia. Um evento internacional como esse serve para estimular ainda mais as próximas gerações a praticarem o esporte", declarou. 
 
As Seleções Brasileiras fazem o reconhecimento da arena nesta sexta-feira (4), às 16h, com a equipe feminina, e às 17h, com a masculina. Um pouco antes, às 15h, será a preparação do Uruguai. Os Estados Unidos fecham a programação de treinos, às 18h.
 
Troca de ingressos - Na sexta-feira (4), das 14h às 18h, na própria arena, será realizada a troca de ingressos para o jogo de domingo (6). A troca será feita mediante doação de um quilo de alimento não perecível, que será entregue à instituições carentes. A arena tem capacidade para 500 lugares. Já para as partidas de sábado (5), não haverá troca, ou seja, o público poderá assistir por ordem de chegada.  
 
Credenciamento de imprensa - Os veículos de imprensa interessados na cobertura dos treinos e dos confrontos deste fim de semana devem se cadastrar pelo e-mail patricia@photoegrafia.com.br até esta quinta-feira (3), às 17h. As solicitações devem conter nome, veículo de comunicação, função, e-mail e telefone.
 
Serviço
Sábado (5), às 10h - Brasil x Estados Unidos (masculino), seguido de Brasil x Uruguai (feminino)
Domingo (6), às 9h30 - Brasil x Uruguai (feminino)
Local: Praia de São Francisco, na Avenida Quintino Bocaiuva, 151, em Niterói (RJ)
 
Seleção Masculina de Handebol de Areia
 
Especialista: Bruno Oliveira (Grêmio CIEF - PB)
 
Goleiros: Emanuel Gusmão (Associação Macaense de Handebol - RJ) e Pedro Wirtzbiki (Niterói Rugby Futebol Clube - RJ) 
 
Defesa: Marcelo Tuller (Niterói Rugby Futebol Clube - RJ)
 
Pivôs: Gil Pires (Grêmio CIEF - PB) e Marcus Domingues (Rio Handbeach - RJ)
 
Ponta direita: Nailson Amaral (Rio Handbeach - RJ) e Wellington Esteves (Handebol Clube da Paraíba - PB)
 
Ponta esquerda: Matheus Victor Medeiros (Mestre Handebol Clube - RN) e Thiago Luiz Gusmão (Rio Handbeach - RJ)
 
Técnico: Antônio Hermínio Guerra Peixe
Assistente: Antônio Djandro
 
Seleção Feminina de Handebol de Areia
 
Especialista: Camila Souza (APCEF/Posto Oceania - PB)
 
Goleira: Ingrid Frazão (APCEF/Posto Oceania - PB)
 
Defesa: Carolina Braz (HFT/Globo - RN) e Darlene Soares (APCEF/Posto Oceania - PB)
 
Pivôs: Millena Alencar (APCEF/Posto Oceania - PB) e Renata Santiago (Rio Handbeach - RJ)
 
Ponta direita: Cinthya Pires (APCEF/Posto Oceania - PB) e Patricia Scheppa (Associação Desportiva 360º - SP)
 
Ponta esquerda: Nathalie Sena (Handebol Clube da Paraíba - PB) e Simone Leandro (Grêmio UFPB/7 Hand Beach - PB )
 
Técnica: Rossana Coeli
Assistente: Márcio Magliano
Fisioterapeuta: Scheila Marisa
 
O "Handebol de Areia - Brasil x Uruguai"  tem o patrocínio do Banco do Brasil.