Técnico da Seleção Brasileira vai a Maringá capacitar treinadores paranaenses de handebol

Técnico da Seleção Brasileira vai a Maringá capacitar treinadores paranaenses de handebol

Em um projeto inovador, o handebol paranaense quer qualificar ainda mais os profissionais que trabalham com o treinamento da modalidade visando garantir os bons resultados alcançados e as revelações constantes de bons atletas. Neste final de semana (01 e 02 de setembro), em Maringá acontece um curso voltado para treinadores com a presença do técnico da seleção brasileira masculina, o espanhol Jordi Ribera.

No começo do ano com a Assembleia da Liga de Handebol do Paraná, entidade que administra oficialmente a modalidade no Estado, foi aprovada a implantação da Escola Paranaense de Técnicos de Handebol, curso que objetiva a formação continuada de técnicos que atuam no Estado do Paraná. Porém a efetivação só aconteceu no segundo semestre deste ano, visto que a entidade teve de buscar parceiros na viabilidade de arcar com custos de pró-labore e despesas operacionais que um evento como este demanda.

Neste final de semana acontece o lançamento da Escola, sendo a primeira etapa de um trabalho permanente, que somente neste ano pretende realizar pelo menos mais uma etapa complementar. O curso de abertura tem o objetivo de preparar profissionais do handebol paranaense e também os recém formados profissionais de educação física, com abordagem de base, de iniciação de atletas.

A Liga de Handebol categorizou os treinadores que atuam no Paraná em três níveis (I, II e III), e estes níveis servem para classificar a categoria de atuação de cada treinador. O nível I por exemplo é o da base, da iniciação e pode dirigir equipes em competição menores. O técnico nível II já tem um conhecimento mais aprofundado, e sua graduação lhe garante o direito de dirigir equipes adultas em competições estaduais e até o nível juvenil em competições nacionais. Já o nível III é o profissional com bagagem que dirige equipes na liga nacional, equipes adultas e pode ser inclusive técnico da seleção brasileira.

Richarde Cesar Salvador, que preside a Liga de Handebol do Paraná, disse que dentro do Estado a grande maioria dos treinadores são nível I e II, com raras exceções de nível III, mas que o trabalho a longo prazo quer melhorar a qualificação dos técnicos para garantir a manutenção dos resultados do handebol paranaense: "Encontramos uma dificuldade de qualificar nossos treinadores e criamos a escola justamente para fazer com que os profissionais tenham contato com novos métodos, novas perspectivas que o handebol moderno carrega. Com isso o handebol paranaense que já é forte, há de permanecer na elite da modalidade no Brasil."

Richarde explicou ainda que o curso de nível I tem duração de 120 horas, e que esta primeira etapa é o início deste curso continuado, mesmo porque um curso convencional teria entre 10 a 15 dias de duração. A procura pela inscrição é grande e as vagas são limitadas à capacidade do espaço físico do salão nobre do Colégio Estadual Gastão Vidigal, em Maringá, local que vai receber o técnico da Seleção Brasileira de Handebol masculino, o espanhol Jordi Ribera. O programa terá ainda como palestrantes os professores Antônio Eduardo Branco, Richarde César Salvador, Valmir Fassina e Décio Roberto Calegari.

Segundo informou o presidente, as inscrições podem ser feitas até o dia 30 de agosto e as informações sobre a escola continuada e mais detalhes podem ser conseguidas através do celular (44) 9988-6768 ou pelo email parana@paranahandebol.com.br
A inscrição pode ser feita diretamente através do link: http://www.paranahandebollhpr.com/products/programa-escola-paranaense-de-tecnicos-de-handebol-epth/

Visite também o site da Liga de Handebol do Paraná: www.paranahandebollhpr.com

PROGRAMAÇÃO

Sábado – 01/09

9h – Abertura

Atuação do CREF 09/PR e o handebol paranaense

Professores – Antônio Eduardo Branco, Richarde Salvador, Valmir Fassina e Décio Roberto Calegari

9h30 às 12h30 – Plano de trabalho para defesa no handebol

Professor – Jordi Ribera – técnico da Seleção Brasileira

14h30 às 18h30 – Plano de trabalho para defesa no handebol

Professor Jordi Ribera – técnico da Seleção Brasileira

 

Domingo – 2/9

9h às 12h – Plano de trabalho para ataque no handebol

Professor – Jordi Ribera – técnico da Seleção Brasileira

14h às 18h – Plano de trabalho para ataque no handebol

Professor – Jordi Ribera – técnico da Seleção Brasileira


COM/SEES
Jandrey Vicentin
(41) 3361-7736