Técnicos das seleções brasileiras de olho no handebol paranaense

Técnicos das seleções brasileiras de olho no handebol paranaense

As semifinais do handebol Divisão ‘A’ dos 26º Jogos da Juventude do Paraná tiveram dois ilustres participantes na plateia do Ginásio de Esportes São Marcos, em São José dos Pinhais. Os técnicos das seleções brasileiras masculina, Jordi Ribera, e feminina, Morten Soubak, prestigiaram os confrontos semifinais, avaliaram o desempenho dos atletas e deram suas opiniões sobre o handebol paranaense.

Morten Soubak, comandante da equipe feminina, recentemente foi eleito o segundo melhor técnico de handebol do mundo em pesquisa feita no site da Federação Internacional de Handebol (IHF). O dinamarquês, de 48 anos, levou o Brasil ao título dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, ao 5° lugar no Campeonato Mundial, em 2011 e ao 6°, nos Jogos Olímpicos de Londres.

De acordo com Morten o objetivo da visita é observar atletas para as categorias de base da seleção. “Com esse trabalho podemos ver de perto como é o desempenho dos melhores atletas paranaenses em idade juvenil”, explica. “É difícil dizer se existem atletas para a seleção, mas o que posso afirmar é que muitas jogadoras daqui tem potencial e merecem uma chance de aprimorar-se no esporte”, comenta o técnico da seleção.

.
Morten Soubak acompanha e faz anotações durante semifinal feminina entre Cascavel e Foz do Iguaçu

Para Morten Soubak o handebol feminino brasileiro evoluiu bastante nos últimos anos, mas ainda carece de mais competições de alto rendimento. “Na fase escolar, assim como aqui no Paraná, existem muitas competições, mas passado esse período as possibilidades de competir são mais escassas”, acentua. “O que falta para levantar o nível do handebol brasileiro são mais competições e com isso mais clubes profissionais para acolher esses atletas”, sugere o treinador. Ele cita a equipe de Cianorte como exemplo a ser seguido. “O trabalho do Cianorte, que hoje disputa a liga nacional, além de representar o Paraná no handebol brasileiro serve de incentivo para outras equipes se profissionalizarem”, exemplifica Soubak.

O espanhol Jordi Ribera, técnico do selecionado brasileiro masculino, também observou o desempenho dos jogadores paranaenses. Um dos objetivos do treinador é escolher atletas para o que ele chama de ‘acampamento’, que será realizado em fevereiro do próximo ano em Blumenau. “Estamos selecionando jogadores do Sul para o ‘acampamento’ nacional, onde vamos reunir 120 atletas nascidos em 1994 e 95 e mais 120 de 1996 e 1997”, revela Ribeira. “É uma oportunidade de conhecermos possíveis potenciais para as categorias de base da Seleção e também para os treinadores poderem se enquadrar no padrão de treinamento que utilizamos na Seleção adulta”, explica.

De acordo com Jordi, o Paraná sempre apresenta bons jogadores e muitos deles podem futuramente vir a fazer parte da Seleção. “Todas as competições como esta ajudam a melhorar o nível dos jogos e dos jogadores”, comenta sobre os Jogos da Juventude. “É uma possibilidade de vermos disputas de alto nível como esta que estamos assistindo, com duas ótimas equipes que mantém o placar sempre parelho”, destaca, se referindo a semifinal masculina entre Campo Mourão e Francisco Alves. “Sem dúvida é um grande momento para o handebol paranaense”, finaliza Jordi Ribera.
.
Ribera, em busca de talentos paranaenses para participar do 'acampamento' nacional de handebol

Além das semifinais masculina e feminina da Divisão ‘A’, Ribera e Soubak também assistiram a vários jogos da Divisão ‘B’.

Os 26º Jogos da Juventude do Paraná, fase final São José dos Pinhais, são realizados pelo Governo do Estado através da Secretaria do Esporte, com apoio da Prefeitura Municipal e patrocínio da Renault.

Escola Paranaense de Técnicos de Handebol
Outra atividade prevista na agenda do técnico Morten Soubak é na Escola Paranaense de Técnicos de Handebol, uma atividade promovida pela Liga de Handebol do Paraná. Em sua participação, Morton vai falar sobre o “Plano de Trabalho Handebol Feminino do Brasil”. O evento acontece entre os dias 14 e 16 deste mês em Curitiba.

Para melhores informações sobre a Escola Paranaense de Técnicos de Handebol clique aqui.

COM/SEES
Secretaria de Estado do Esporte
Sérgio Ferreira
Fone (45)9977-6598