Toledo enfrenta Itajaí por uma vaga à final do Campeonato Brasileiro de Handebol Juvenil

Toledo enfrenta Itajaí por uma vaga à final do Campeonato Brasileiro de Handebol Juvenil

A disputa por uma vaga à final do Campeonato Brasileiro Juvenil Masculino de Handebol coloca a seleção da Prefeitura de Toledo/ATH/APEF frente a frente com a equipe catarinense ADI/Slice/Fmel/Itajaí, atual líder do ranking nacional da categoria da Confederação Brasileira de Handebol. A partida acontece neste sábado (20), às 19 horas, no ginásio de esportes Gabriel João Colares, casa dos adversários.

Depois de conquistar o título da etapa zonal da região Sul, realizada em maio na cidade de Maringá, o selecionado teve quase um mês para se preparar para a grande decisão. No entanto, não conhecer o estilo de jogo do oponente dificulta estabelecer qualquer estratégia previamente. “Este será o primeiro e único encontro entre as equipes na competição, então jogar sem conhecer o adversário é difícil, complicado, podemos ter muitas surpresas, de ambos os lados. Se fosse realizado em dois jogos este cenário podia ser diferente”, analisa o técnico Mauro Ansolin (Pato).

“Vamos procurar jogar com calma, administrar bem o tempo, porque sabemos que será um jogo seco, de muita qualidade técnica. Reconhecemos que nosso adversário é forte, competitivo, que tem o favoritismo e a torcida a seu favor, mas nós nos preparamos para chegar aqui, temos as mesmas chances que eles de sair daqui com a vitória”, ressalta o treinador Rodrigo Lazzaretti (Polenta), que também integra a comissão técnica do time paranaense na competição.

Estreante no torneio nacional, Toledo conta com uma equipe jovem, formada por atletas das categorias 98, 99 e 2000, tendo apenas dois jogadores na idade da competição. A pouca experiência do elenco em competições nacionais faz esta partida ter uma importância ainda maior para o grupo. “É um time jovem, que disputa pela primeira vez o Brasileiro. Vamos jogar na maior simplicidade, mas com garra e vontade de ganhar. Queremos representar bem a nossa cidade e o nosso Estado, contamos com o apoio e a torcida paranaense”, declaram os dirigentes.
 
Representam o Paraná os goleiros Daniel Venzel da Silva, Igor Franco Batista e Felipe Fraga de Oliveira; os ponteiros  Luis Carlos Zanette Filho, Matheus Vinicios Dias Cadoná, Eduardo Damaceno Souza e Gabriel Geovane Dulaba Marcones; os armadores Maicon Godoy Mimo Sobrinho, Gabriel Araldi Ansolin e Matheus Guilherme Stuani, além do pívô Juliano Renan de Araújo. Lesionado, o armador Henrique Gutjahr Costa desfalca o elenco.

Em caso de empate, o campeão será conhecido após a prorrogação de dois tempos de cinco minutos. O vencedor se credencia para disputar o título nacional com outras sete seleções campeãs em suas regiões. À final acontece entre os dias 22 e 26 de setembro, em Balneário Camboriú (SC).

A equipe conta com o apoio da Prefeitura de Toledo, por intermédio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, da Associação Toledana de Handebol (ATH), da Associação dos Profissionais de Educação Física (APEF).

Assessoria de Comunicação
Texto: Jaqueline Galvão
Fotos: Fabio Ulsenheimer
jaquelinefsgalvao@hotmail.com
(45) 9139-1005 / (44) 9988 6768
Skype: paranahandebol
facebook.com/paranahandebolhpr
Twitter: paranahandebol
Instagram: parana_handebol
www.paranahandebollhpr.com