Toledo perde para Itajaí mais ainda pode disputar final do Brasileiro Juvenil

Toledo perde para Itajaí mais ainda pode disputar final do Brasileiro Juvenil

Em um jogo de muita habilidade técnica, a equipe da Prefeitura de Toledo/ATH/APEF foi superada pelo elenco catarinense da ADI/Slice/Fmel/Itajaí, que com a vitória segue à final do Campeonato Brasileiro Juvenil Masculino de Handebol. A partida entre os campeões da etapa zonal da região Sul foi realizada na noite de sábado (20), no ginásio de esportes Gabriel João Colares, em Itajaí (SC).

Com uma equipe jovem estreante na competição nacional, Toledo iniciou a partida jogando de igual pra igual com os adversários, que são os atuais líderes do ranking nacional da categoria. Até os 15 minutos iniciais a partida se manteve equilibrada, com gol sendo marcado ora do lado de cá ora do lado de lá. Na sequência, os paranaenses se desestabilizaram, cometeram vários erros de passe e finalização, falhas que os adversários aproveitaram para ampliar o placar, encerrando a primeira etapa com dez bolas à frente dos paranaenses. No segundo tempo, o time do Paraná reagiu, foi pra cima e conseguiu diminuir a vantagem dos rivais, mas não a ponto de brigar pela vitória, fechando o placar final em 31 a 24 para os catarinenses.  O toledense Maicon Godoy Mimo Sobrinho foi o artilheiro do jogo, com 11 gols.

Para o técnico Rodrigo Lazzaretti (Polenta), a equipe tinha condições de brigar para permanecer na competição, mas as falhas cometidas na etapa inicial tiraram os paranaenses do Brasileiro. “Para nós chegar até esta etapa já foi uma grande conquista, vencer no Estado e enfrentar uma equipe que é a número 1 do ranking da categoria foi uma experiência única, surpreendeu a nós mesmos. Sabíamos da nossa capacidade, foram os erros de fundamento que prejudicou nossa equipe”, avalia Lazzaretti.

De acordo com o armador Matheus Vinicios Dias Cadoná, fatores como nervosismo e não conhecer o adversário teve influência direta no desempenho do grupo em quadra. “Entramos nervosos, não conseguimos jogar tudo o tínhamos no primeiro tempo, recuperamos na segunda etapa, mas não foi suficiente pra tirar a vantagem deles”, declara Cadoná, acrescentando que grupo ganhou maturidade ao participar do Brasileiro: “Aprendemos que, como no zonal no Paraná, jogando bem e principalmente em equipe somos muito fortes, e mesmo perdendo aqui (em Itajaí), ganhamos maturidade, entendemos que precisamos controlar melhor nosso nervosismo, entrar no jogo menos tensos, só assim vamos conseguir um resultado satisfatório”, ressalta.  

Mesmo com a derrota, a equipe paranaense ainda sonha com uma vaga na final da competição. Caso um time da região Norte não possa disputar à final, a vaga é de Toledo. “Esta notícia nos deixou bastante entusiasmados, porque são oito equipes que competem na final, e como a região Sul teve uma boa participação, se houver desistência de uma equipe do Norte nós ocupamos a vaga. Vamos aguardar a confirmação da Confederação”, afirma o treinador, agradecendo o apoio dos pais dos atletas e da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer.

Enquanto aguardam a posição oficial da Confederação Brasileira de Handebol (CBHb), a equipe volta às atenções para as competições estaduais. O primeiro compromisso é em julho, quando o selecionado disputa à segunda etapa do Campeonato Paranaense.

Sob o comando dos técnicos Mauro Ansolin (Pato) e Rodrigo Lazzaretti (Polenta), representaram o Paraná goleiros Daniel Venzel da Silva, Igor Franco Batista e Felipe Fraga de Oliveira; os ponteiros Luis Carlos Zanette Filho, Matheus Vinicios Dias Cadoná, Eduardo Damaceno Souza e Gabriel Geovane Dulaba Marcones; os armadores Maicon Godoy Mimo Sobrinho, Gabriel Araldi Ansolin e Matheus Guilherme Stuani, além do pívô Juliano Renan de Araújo. Lesionado, o armador Henrique Gutjahr Costa desfalca o elenco.

O time da ADI/Slice/Fmel/Itajaí disputa o título nacional com outras sete seleções campeãs em suas regiões entre os dias 22 e 26 de setembro, em Balneário Camboriú (SC).

A equipe toledense conta com o apoio da Prefeitura de Toledo, por intermédio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, da Associação Toledana de Handebol (ATH), da Associação dos Profissionais de Educação Física (APEF).

Assessoria de Comunicação
Texto: Jaqueline Galvão
Foto: Fabio Ulsenheimer
jaquelinefsgalvao@hotmail.com
(45) 9139-1005 / (44) 9988 6768
Skype: paranahandebol
facebook.com/paranahandebolhpr
Twitter: paranahandebol
Instagram: parana_handebol
www.paranahandebollhpr.com