Unopar faz ajustes para semifinal da Liga

Unopar faz ajustes para semifinal da Liga
Gabriel Inamine/Photo&GrafiaTime londrinense realizou ontem o último treino antes do confronto com Pinheiros, no Moringão, enquanto muita gente aproveitava a folga no feriado do Dia da Consciência Negra, ontem, os jogadores da Unopar Londrina suavam a camisa, treinando. A preparação é para o primeiro jogo das semifinais da Liga Nacional de Handebol, que será disputado amanhã, no Ginásio de Esportes Moringão, contra o melhor time da fase de classificação, o Esporte Clube Pinheiros (SP).

Para a reta final, o técnico Giancarlos Ramirez explica que os treinos estão mais focados em ajustes e na manutenção do ritmo de jogo. "A gente vem fazendo vários coletivos com situações reais de jogo, e temos alguma coisa também de trabalho tático, mas a gente vê que o grupo está muito bem", avalia o treinador.

Com a saída do ponta-direita Hidalgo, que rompeu um ligamento do joelho esquerdo e ficará seis meses afastado do esporte, Diego, que por vezes já havia revezado com o colega de equipe, agora se prepara para substituí-lo de forma mais efetiva. Uma responsabilidade e tanto, segundo Diego, mas também uma grande oportunidade para o jogador mais novo da equipe, com 20 anos de idade. "Acredito que minha responsabilidade aumentou o dobro e preciso me dedicar ainda mais. Nunca joguei uma semifinal de Liga e pra mim vai ser uma oportunidade imensa de crescer".

Quem também se prepara para sua primeira semifinal de Liga é Willian, jogador proveniente da equipe de base da Unopar, que já vem treinando com o time adulto e fez algumas participações no decorrer da temporada. Agora, ele entra em quadra para fazer dupla com Diego.

Willian destaca a falta que Hidalgo faz no time, mas também considera essa uma oportunidade única para se firmar na equipe. "Vai ser o melhor jogo da minha vida e tenho que aproveitar. Não posso deixar de pensar também no ano que vem e mostrar um bom desempenho agora será primordial", afirma o jogador.

Já o armador central Léo terá que se superar na fase final da Liga Nacional. O jogador, que foi desfalque em outras partidas devido a lesão no joelho esquerdo, vem fazendo um trabalho especial durante os treinos para garantir sua participação na partida contra o Pinheiros. "Ainda sinto dores, mas vida de atleta é assim, agora é pensar nos jogos e depois, quando acabar a Liga, vou poder aproveitar o descanso para me recuperar totalmente".

Unopar Londrina e Pinheiros se enfrentam amanhã, às 20 horas, no Ginásio do Moringão, com entrada franca ao público. O segundo confronto das semifinais entre as duas equipes será no dia 25 de novembro, domingo, desta vez na casa do Pinheiros, o Ginásio Henrique Villaboim, em São Paulo. A outra semifinal será disputada por Metodista e Taubaté, ambos de São Paulo.
 
João Fortes
Reportagem Local