Live com árbitros internacionais abre Simpósio On-line da Paraná Handebol nesta segunda-feira

Live com árbitros internacionais abre Simpósio On-line da Paraná Handebol nesta segunda-feira
Da redação, Jaqueline Galvão – Começa nesta segunda-feira, dia 03 de agosto, a segunda edição on-line do Simpósio Paraná Handebol, promovido pela Liga de Handebol do Paraná (LHPr), em parceria com a Associação Paranaense de Árbitros de Handebol (APAH) e o Centro Universitário FAG. O evento contará com 13 painéis e toda sua programação é gratuita.
 
Uma live com três ícones da arbitragem brasileira do handebol Adenilson Maia Correia Lima, Emilio Felipe de Melo e Geraldo Kindermann dará o start ao evento. A transmissão ao vivo inicia às 20 horas pelo facebook da Paraná Handebol
 
De árbitros estaduais a internacionais, este trio construiu uma carreira notável dentro das quatro linhas. A contribuição dos três profissionais para a modalidade é inestimável. Foram diversos campeonatos estaduais, nacionais, mundiais, pan e sul-americanos. Em razão da idade, não atuam mais em competições nacionais e internacionais. 
 
Adenilson Lima dividia o ofício de lecionar com o apito. Conhecido como professor União, ele atuou de 1975 a 2005, sendo que em 1989 ingressou no quadro de arbitragem da Federação Internacional de Handebol (IHF) junto com Paulo José Carvalho, com quem formava dupla. Professor aposentado, atualmente é comentarista esportivo da Rádio Tabajara e tem um programa de esportes na TV Arapuan, filiada à Rede TV, em João Pessoa (PB). 
 
Adenilson Lima dedicou 30 anos à arbitragem de handebol (Foto: Divulgação)
 
Formado em Educação Física pela primeira turma da Universidade Estadual de Londrina, em 1974, o paranaense de Cambé Emilio Melo, ou simplesmente Pitchau, ingressou em um curso de arbitragem quatro anos mais tarde. Seu interesse e envolvimento com a modalidade o levou até o último nível para atuar como árbitro, tornando-se em 1981 o primeiro brasileiro habilitado a atuar internacionalmente. Dois anos depois compôs o quadro de árbitros internacionais da IHF junto com Herivelto Moreira. Além de apitar, foi professor, goleiro, técnico, dirigente e por duas gestões presidente da APAH. Apaixonado pelo handebol, Pitchau é hoje o árbitro mais velho em atuação no Estado.
 
Pitchau é hoje o árbitro mais velho em atuação no Estado  (Foto: Sérgio Ferreira)
 
Árbitro por 25 anos, o catarinense Geraldo Kindermann teve o primeiro contato com a modalidade em 1972 no curso de Educação Física, três anos mais tarde se formou na Universidade do Estado de Santa Catarina. Em seguida fez o curso de arbitragem, se profissionalizou e em 1986 ingressou no quadro de árbitros da IHF com João Bosco Guerra. Aposentado, administra uma pousada em Florianópolis (SC). “Fiquei muito contente com o convite da Paraná Handebol, será uma oportunidade de encontrar os amigos, mesmo que de forma virtual, pra poder relembrar nossa trajetória”, declarou.
 
Geraldo Kindermann: “Fiquei muito contente com o convite da Paraná Handebol" (Foto: Divulgação)
 
As inscrições para participar do evento são gratuitas e podem ser feitas pelo link www2.fag.edu.br/coopex/inscricao/1828. A organização solicita atenção no preenchimento dos dados na ficha de inscrição, pois essas informações serão usadas para emitir o certificado de participação para todos aqueles que atingirem frequência superior a 75%. 
 
Além dos profissionais da arbitragem, o evento é aberto também à participação de técnicos, atletas e dirigentes do handebol, com restrição na faixa etária para nascidos até 31 de dezembro de 2002.
 
Parceria técnica
A fim de trocar experiências e ampliar a abrangência do Simpósio, a Liga de Handebol do Paraná fechou nesta segunda-feira um termo de parceria técnica com a Federação de Handebol do Estado do Pará. “Essa parceria é importante para troca de conhecimentos e experiências entre as duas entidades e vem reforçar o nosso papel perante a comunidade do handebol. Além disso, permitirá que os árbitros paraenses também possam aproveitar todo o conhecimento que será repassado pelo corpo técnico qualificado que irá ministrar os painéis do Simpósio”, declarou o presidente da LHPr, Roberto Ferreira Niero.
 
Programação do Simpósio Paraná Handebol I Árbitros On-line – 2ª etapa EAD:
03/08 - 20h às 22h - Abertura/Painel 1 – “Dinossauros” História Viva da Arbitragem
08/08 - 16h às 18h - Painel 2 - Desafios da Arbitragem Feminina
10/08 - 20h às 21h30 - Painel 3 - Quadra de Jogo / Zona de Substituição / Jogador Lesionado
15/08 - 16h às 18h - Painel 4 - Atribuições Secretário e Cronometrista / Execução dos tiros (TS, TL e 7 metros)
17/08 - 20h às 22h - Painel 5 – Perspectivas e Desafios da Arbitragem do Handebol
22/08 - 16h às 18h - Painel 6 - Execuções dos tiros (distância de 3 metros, TLAT e TM) / Passos
24/08 - 20 às 21h30 - Painel 7 - Situações de 7 metros / Jogo Passivo
29/08 - 16h às 18h - Painel 8 - Pivô / Falta de Ataque
31/08 - 20h às 22h30 - Painel 9 - Desenvolvimento da Arbitragem do Beach Handball
05/09 - 16h às 18h - Painel 10 - Sanção Progressiva –advertência / Sanção Progressiva - 2 minutos
12/09 - 16h às 18h - Painel 11 - Sanção Progressiva – desqualificação / Dinâmica com vídeos sobre o tema
14/09 - 20h às 21h30 - Painel 12 - Desenvolvimento da Arbitragem do mini handebol
19/09 - 16h às 18h - Painel 13 - Arbitragem do Handebol em Cadeiras de Rodas
 
Da redação, Jaqueline Galvão – Começa nesta segunda-feira, dia 03 de agosto, a segunda edição on-line do Simpósio Paraná Handebol, promovido pela Liga de Handebol do Paraná (LHPr), em parceria com a Associação Paranaense de Árbitros de Handebol (APAH) e o Centro Universitário FAG. O evento contará com 13 painéis e toda sua programação é gratuita.
 
Uma live com três ícones da arbitragem brasileira do handebol Adenilson Maia Correia Lima, Emilio Felipe de Melo e Geraldo Kindermann dará o start ao evento. A transmissão ao vivo inicia às 20 horas pelo facebook da Paraná Handebol. 
 
De árbitros estaduais a internacionais, este trio construiu uma carreira notável dentro das quatro linhas. A contribuição dos três profissionais para a modalidade é reconhecida pela classe por unanimidade. Foram diversos campeonatos estaduais, nacionais, mundiais, pan e sul-americanos.
 
Adenilson Lima dividia o ofício de lecionar com o apito. Conhecido como professor União, ele atuou de 1975 a 2005, sendo que em 1989 ingressou no quadro de arbitragem da Federação Internacional de Handebol (IHF) junto com Paulo José Carvalho, com quem formava dupla. Professor aposentado, atualmente é comentarista esportivo da Rádio Tabajara e tem um programa de esportes na TV Arapuan, filiada à Rede TV, em João Pessoa (PB). 
 
Formado em Educação Física pela primeira turma da Universidade Estadual de Londrina, em 1974, o paranaense Emilio Melo (Pitchau) ingressou em um curso de arbitragem quatro anos mais tarde. Seu interesse e envolvimento com a modalidade o levou até o último nível para atuar como árbitro, tornando-se em 1981 o primeiro árbitro brasileiro habilitado a atuar internacionalmente. Dois anos depois compôs o quadro de árbitros internacionais da IHF junto com Herivelto Moreira. Além de apitar, foi professor, goleiro, técnico, dirigente e por duas gestões presidente da APAH. Apaixonado pelo handebol, Pitchau é hoje o árbitro mais velho em atuação no Estado.
 
Árbitro por 25 anos, o catarinense Geraldo Kindermann teve o primeiro contato com a modalidade em 1972 no curso de Educação Física, três anos mais tarde se formou na Universidade do Estado de Santa Catarina. Em seguida fez o curso de arbitragem, se profissionalizou e em 1986 ingressou no quadro de árbitros da IHF com João Bosco Guerra. Aposentado, administra uma pousada em Florianópolis (SC). “Fiquei muito contente com o convite da Paraná Handebol, será uma oportunidade de encontrar os amigos, mesmo que de forma virtual, pra poder relembrar nossa trajetória”, declarou.
 
As inscrições para participar do evento são gratuitas e podem ser feitas pelo link www2.fag.edu.br/coopex/inscricao/1828. A organização solicita atenção no preenchimento dos dados na ficha de inscrição, pois essas informações serão usadas para emitir o certificado de participação para todos aqueles que atingirem frequência superior a 75%. 
 
Além dos profissionais da arbitragem, o evento é aberto também à participação de técnicos, atletas e dirigentes do handebol, com restrição na faixa etária para nascidos até 31 de dezembro de 2002.
 
Programação do Simpósio Paraná Handebol I Árbitros On-line – 2ª etapa EAD:
03/08 - 20h às 22h - Abertura/Painel 1 – “Dinossauros” História Viva da Arbitragem
08/08 - 16h às 18h - Painel 2 - Desafios da Arbitragem Feminina
10/08 - 20h às 21h30 - Painel 3 - Quadra de Jogo / Zona de Substituição / Jogador Lesionado
15/08 - 16h às 18h - Painel 4 - Atribuições Secretário e Cronometrista / Execução dos tiros (TS, TL e 7 metros)
17/08 - 20h às 22h - Painel 5 – Perspectivas e Desafios da Arbitragem do Handebol
22/08 - 16h às 18h - Painel 6 - Execuções dos tiros (distância de 3 metros, TLAT e TM) / Passos
24/08 - 20 às 21h30 - Painel 7 - Situações de 7 metros / Jogo Passivo
29/08 - 16h às 18h - Painel 8 - Pivô / Falta de Ataque
31/08 - 20h às 22h30 - Painel 9 - Desenvolvimento da Arbitragem do Beach Handball
05/09 - 16h às 18h - Painel 10 - Sanção Progressiva –advertência / Sanção Progressiva - 2 minutos
12/09 - 16h às 18h - Painel 11 - Sanção Progressiva – desqualificação / Dinâmica com vídeos sobre o tema
14/09 - 20h às 21h30 - Painel 12 - Desenvolvimento da Arbitragem do mini handebol
19/09 - 16h às 18h - Painel 13 - Arbitragem do Handebol em Cadeiras de Rodas